Transtorno obsessivo-compulsivo

links patrocinados

Transtorno obsessivo-compulsivo

Transtorno obsessivo-compulsivo

Todos os dias temos hábitos e atividades rotineiras que desempenhamos no lar, trabalho ou nos momentos de lazer que não nos damos conta. São atitudes simples como lavar bem as mãos, trancar portas e portões, organizar objetos, fechar válvula do gás ao sair de casa, etc. No entanto há pessoas que não conseguem lidar com atividades simples como essas de maneira sadia, e por exemplo, podem realizá-las por diversas vezes para ter mesmo certeza de que nada pode dar errado, quase que um método rtitualístico. Essas são características de uma pessoa que pode ter Transtorno Obsessivo-Compulsivo, ou o chamado TOC.

Saiba o que é Transtorno obsessivo-compulsivo

Transtorno obsessivo

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo é um quadro sério, diagnosticado como distúrbio psiquiátrico provocado por ansiedade, conforme um manual desenvolvido por uma renomada associação psiquiátrica norte americana. No Brasil esse o Transtorno Obsessivo-Compulsivo atinge aproximadamente 2% das pessoas, sendo que os portadores de distúrbio psiquiátrico precisam realmente de atenção e cuidado, já que entre as características do Transtorno estão crises frequentes de compulsões e obsessões. O TOC é classificado como um problema crônico, que pode evoluir ou regredir ao passar do tempo, depende de acompanhamento e tratamento adequados.

Transtorno obsessivo-compulsivo: principal sintoma

Tipos de transtorno

O principal sintoma para diagnosticar um indivíduo com Transtorno Obsessivo-Compulsivo são sem dúvidas formas obsessivas de lidar com situações corriqueiras, que podem se dar em forma de imagens, impulsos e ideias fixas. Assim, se entende por obsessão no TOC imagens e ideias que dominem a pessoa de maneira insistente, sem ao menos que a pessoa queira efetivamente. Alguns indivíduos que possuem Transtorno Obsessivo-Compulsivo acreditam que se não realizarem determinadas tarefas repetitivas algo de ruim poderá acontecer. Entretanto, esse tipo de ações compulsivas e obsessivas podem se transformar em obstáculos na rotina do dia-a-dia e também atingir as pessoas que convivem com o portador do transtorno.

TOC: tipos comuns de obsessão

Transtornos obsessivos

Quando se fala em Transtorno Obsessivo-Compulsivo é válido lembrar que se trata de uma patologia séria e quem é acometido pelo transtorno geralmente enfrenta muitas dificuldades. Entre os tipos mais comuns de obsessão estão a mania por limpeza, tanto da casa, do local de trabalho, quando com higiene pessoal. Os gestos de uma pessoa com TOC serão de maneira geral sempre repetitivos, realizando várias vezes a mesma tarefa para se certificar que está tudo em ordemt. Há também no individuo que sofre de Transtorno Obsessivo-Compulsivo uma compulsão por organização, deve ter um lugar certo para cada coisa, cada objeto, com quadros e cadeiras alinhados, por exrmplo.

Tratamento

Os tipos de tratamentos existentes podem ser a base de remédios ou não, depende da preferência do paciente ou do grau de desenvolvimento da doença. Com a opção de medicamentos o paciente terá que se submeter a tomar antidepressivos que podem inibir a ação de substâncias no organismo que provoquem ansiedade, por exemplo. Especialistas da área afirmam os medicamentos antidepressivos são os únicos efetivos para caso de TOC.

Uma alternativa de tratamento é fazer sessões de terapia com um profissional responsável e especializado no setor cognitivo-comportamental, em que o paciente não precisa de acompanhamento por meio de remédios.

Principal sintoma Obsessivo Compulsivo

Pesquisar
Artigos Relacionados