SINTEGRA 2013

links patrocinados

Sobre SINTEGRA 2013

SINTEGRA 2013

Você que é empresário e principalmente quem está abrindo sua empresa agora, sabe o que é o SINTEGRA? É bom ficar sabendo para começar o ano de 2013 fazendo tudo certo na empresa e cumprindo suas obrigações legais. Vamos repassar aqui o básico que você precisa saber sobre o SINTEGRA 2013 e começar as atividades na sua empresa de maneira correta perante as leis e à fiscalização pertinente.

Comece 2013 sabendo o que é SINTEGRA?

O Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços é mais conhecido como SINTEGRA. Ele é um programa que troca informações, isso entre as empresas e os estados. De início, o SINTEGRA propunha apenas dar agilidade na troca das informações nas operações entre estados, mas hoje o SINTEGRA é utilizado também nas operações feitas internamente.

Qual é o propósito do SINTEGRA 2013?

Para os contribuintes o SINTEGRA 2013 tem o propósito de simplificar e centralizar as obrigações referentes ao fornecimento das informações de operações de compra, operações de venda e também da prestação de serviços. Já para os fiscos estaduais, o SINTEGRA 2013 tem objetivo de garantir mais agilidade e principalmente confiabilidade no tratamento de informações que são recebidas através dos contribuintes. Além de garantir a troca dos dados entre os diversos estados.

Na prática o que tem que conter os arquivos do SINTEGRA 2013?

Gerar os arquivos SINTEGRA 2013 não será uma tarefa muito simples, principalmente se for a primeira vez que você vai fazer. Com o tempo fica mais fácil de entender e mais rápido de fazer também. Mas na prática o que deve estar presente no arquivo do SINTEGRA 2013 são os lançamentos de entrada e de saída do determinado período, e isso inclui despesas como de materiais de consumo, de energia e de telefonia, por exemplo. Tem que constar ainda os conhecimentos de transporte, os cupons fiscais gerais e todas as notas fiscais que foram emitidas pela empresa, sejam elas de venda, notas de devolução ou de remessa, por exemplo. Esses são os itens básicos, mas isso acaba variando de acordo com a empresa. O que tem que ficar claro é que todas as operações feitas dentro da sua empresa devem ser colocadas no arquivo do SINTEGRA 2013.

Uma assessoria pode te ajudar no começo com o SINTEGRA 2013

Há hoje no mercado várias empresas de assessorias fiscais que podem ser úteis para o empresário no início da realização dos arquivos do SINTEGRA 2013. Se a empresa terceiriza a contabilidade também pode responsabilizar a empresa terceira pela ajuda na elaboração dos arquivos SINTEGRA 2013. Mas a dificuldade maior é só no começo, nos próximos anos já fica bem mais fácil o atendimento a essa lei nacional. O que importa é estar em dia com as obrigações da sua empresa para que não tenha problemas no futuro e até gastos indesejados com multas, por exemplo. Vale a pena pedir ajuda de uma assessoria ou contabilidade no início para que o SINTEGRA 2013 não fique pendente na sua empresa.

Fotos

Confira Fotos sobre SINTEGRA 2013:

O que é SINTEGRA 2013 Como acessar SINTEGRA 2013 Preenchimento SINTEGRA 2013 Download SINTEGRA 2013

Pesquisar
Artigos Relacionados