SERASA Certificado Digital

links patrocinados

SERASA Certificado Digital

SERASA Certificado Digital

O Serasa foi criado em 1968 pela Federação Brasileira de Bancos, a Febraban. O objetivo inicial era criar uma ficha cadastral única para facilitar diversas decisões do mercado bancário.

Em 2007, o Serasa foi comprado por um grupo irlandês e passou a ser chamado de Serasa Experian. Hoje em dia, o órgão oferece informações para diversas áreas da economia e para empresas de diversos setores e tamanhos.

Sobre o Serasa Certificado Digital

Atualmente vivemos em um mundo no qual a tecnologia se faz cada vez mais presente no nosso dia a dia. Isso acontece nas mais variadas esferas da vida, incluídas tanto na área profissional quanto na pessoal.

Por esse motivo, podemos notar uma informatização e digitalização de vários sistemas que antes só conhecíamos da forma manual, sem a informática no meio. O certificado digital é um deles e está sendo utilizado como uma garantia de que determinados dados não serão interceptados, ou seja, é um documento eletrônico que comprova a identidade de uma pessoa, de uma empresa ou de um site da Web com total segurança. E nessa área, o Serasa lançou o seu Certificado Digital.

Como funciona o Serasa Certificado Digital

O certificado digital é um documento que possui validade jurídica e corresponde à assinatura digital das pessoas no mundo da internet. Esse documento garante total segurança em quaisquer tipos de transações realizadas no universo online, sejam elas trocas eletrônicas de dados pessoais, documentos ou mensagens.

Esse certificado digital nada mais é do que uma forma de comprovar de que quem está do outro lado do computador envolvido em uma dessas transições eletrônicas de dados de qualquer espécie é realmente o dono do certificado.

Como utilizar o Certificado Digital

Para que a utilização do certificado digital ocorra de uma maneira completamente segura, só é possível se a pessoa obtiver um cartão e uma leitora para esse mesmo cartão. O Serasa oferece diversos tipos de certificados digitais, que se encaixam em diferentes necessidades e para diferentes situações. Existe, por exemplo, o e-CNPJ, que é a versão eletrônica do CNPJ. O equipamento é composto por um cartão e uma leitora que custam a partir de R$235 e que permitem realizar operações nas quais se faz necessário o certificado digital, como a Receita Federal e a Conectividade Social.

Existe também o NF-e, o e-CPF, o e-Conecte, o Servidor Web, o SPB Produção, o CCS Prod e a Assinatura Código. Sendo o mais barato entre todos esses citados o e-CPF A1, que é a versão eletrônica do CPF e custa a partir de R$120 e, os mais caros, SPB Produção (indicado para empresas que participam do Sistema de Pagamento Brasileiro – SPB) e o Servidor NF-e (indicado para assinar as notas fiscais de uma determinada empresa ou até mesmo como forma de proteção da comunicação realizada entre os servidores de notas fiscais entre filiais e matriz), ambos com o mesmo valor a partir de R$1890,00.

Mesmo com esses valores, o investimento é para o benefício e segurança da sua própria empresa, portanto, vale à pena.

Fotos

Confira Fotos do SERASA Certificado Digital:

Certificado digital Serasa
A Serasa oferece diversos tipos de certificação eletrônicaA Serasa oferece diversos tipos de certificação eletrônica
SerasaSerasa

Pesquisar
Artigos Relacionados