RGB Cores

links patrocinados

RGB Cores

RGB Cores

A sigla pode parecer fácil, mas não fique felizes. Os códigos de cores incluídos na abreviatura RGB são complexos e exigem paciência para um bom entendimento. Foi se o tempo em que misturar cores era um processo onde o pintor ou desenhista colocava as tintas em uma palheta de cores e procurava chegar mais próximo o possível do que se desejava. Hoje, os computadores contam com dispositivos próprios para a decodificação e mescla de cores.

O RGB é um sistema aditivo, formados pelas seguintes cores: o vermelhor (red), o verde (green) e o azul (blue). O emprego dessa ferramenta, está associado a reprodução de cores nos dispositivos eletrônicos ( sejam monitores de televisão e computadores, slides shows, scanners e câmeras digitais. Não podia ficar de fora a fotografia tradicional. Já as impressoras não utilizam desse dispositivo.

De onde surgiu o RGB

Esse modelo de mescla de cores tem como teoria base os estudos de visão colorida tricromática de Young – Helmholtz. Mas não é só isso. Outros conceitos importantes derivam dos estudos de Maxweel sobre o triângulo de cores.

O RGB possibilita que as cores vermelhas, verde e azul sejam combinadas de várias maneiras para reproduzir outras cores. Essa associação só foi possível graças ao desenvolvimento tecnológico de tubos de raios catódicos. As três cores do sistema RGB não podem ser confundidas com o Ciano, Magenta e Amarelo.

Esses trê últimos são consideradas cores primárias. É curioso destacar que o modelo de cores RGB, não define o que significa vermelho, verde ou azul. Por esse motivo, os resultados das misturas não são extremamente exatos , mas relativos ao olho humano.

Os números que dão cores as coisas

Uma cor inserida no modelo RGB pode ser reconhecida e indicada pela proporção de vermelho, verde e azul que contém na sua essência. Elas variam de proporções minímas, ou seja, completamente escuro, até composições máximas, que são consideradas intensas. Quando todas as cores estão no mínimo, o resultado é preto. Se todas estão no máximo, o resultado é branco. Para que sentiu interesse pelo sistema, existe uma escala usual de cores em RGB. Essa escala varia de 0 à 255, corriqueiramente encontrada na computação, em que cada cor fica armazanado em 1 byte (8 bits).

Como curiosidade, o Branco é representado nesse sistema como RGB(255,255,255). As outras cores podem ser entendidas da seguinte forma: Azul – RGB(0,0,255), Vermelho – RGB(255,0,0), Verde – RGB(0,255,0), Amarelo – RGB(255,255,0), Magenta – RGB(255,0,255), Ciano – RGB(0,255,255), Preto – RGB(0,0,0). Valores decimais também são empregados nessas fórmulas. A medida visa criar diferentes tons das cores. Por exemplo, a cor verde pode se tornar verde – limão. No sistema RGB essa nova cor seria representada por RGB(0.554,1,0.200).

Dentro dos programas de edição de imagem, os valores de RGB são diferentes. O motivo é a notação hexadecimal. Nome difícil que pode ser explicado da seguinte maneira. Indo de 00 (mais escuro) até FF (mais claro), o dispositivo mescla as cores e oferece a proporção desejada. A título de exemplo, a cor #000000 é o preto, pois não há projeção de nenhuma das três cores. Já a #FFFFFF é o branco, pois as três cores estarão projetadas em sua máxima intensidade.

Fotos

Confira Fotos da RGB Cores:

RGB CoresRGB Cores

RGB CoresRGB Cores

RGB CoresRGB Cores

Pesquisar
Artigos Relacionados