Processador Core i5

links patrocinados

Processador Core i5

Processador Core i5

Sobre o Processador Core i5

Ter um computador hoje em dia já não basta. O equipamento que antes valia por si, hoje em dia não é mais do que mero suporte para um sistema, uma memória e um processador. E se você ainda não conhece o processador Core i5, deve conhecer agora. Leia aqui e saiba mais.

Tentando explicar o que é o processador Core i5, pode-se dizer que ele é da Intel, destinado a um desktop x86-64 e tem a microarquitetura Nehalem, da Intel. Ele utiliza um soquete chamada LGA 1156, trabalha com uma controladora de memória embutida e possui uma controladora de gráficos PCI-Express também embutida, usando uma interface de comunicação de nome DMI (Direct Media Interface), que agiliza ainda mais a comunicação.

A nova soquete veio para substituir a LGA 775 e vem para ser direcionada aos processadores intermediários.

Lançamento do Processador Core i5

O processador Core i5 foi lançado no dia 9 de setembro de 2009. O primeiro modelo da série tem a denominação de Core i5 750. Ele tem uma frequência de 2,66 Ghz, trabalha com quatro núcleos (quad core) e possui um cache L3 de 8 Mb.

Vantagens e Desvantagens do Processador Core i5

O Corei i5 também aumentou sua memória se comparado ao seu irmão, o processador Core i7. Agora, ele suporta memórias DDR3-1333.

A única desvantagem do Core i5 é que ele só funciona em Dual Channel, enquanto o i7 é triple channel.

Núcleos do Processador Core i5

O processador Core i5 tem três tipos diferentes de projetos de núcleo. O primeiro deles é o Lynnfield, que tem uma controladora gráfica embutida, agiliza a comunicação entre processador e placa de vídeo e tem compatibilidade com memórias de frequências maiores.

Arrandale será o segundo modelo da série do processador Core i5 e será fabricado numa lisura de 32nm. Segundo a Intel, com este processador será possível economizar energia e ele também tem uma controladora gráfica embutida. A desvantagem é que ele terá um cache menor, por volta dos 3Mb L3. O lançamento está previsto para breve.

Já o Clarkdale é destinado a desktops. Ele possuirá um cache maior quando comparado ao Arrandale, tendo aproximadamente 4Mb L3. A grande vantagem em cima dos outros dois projetos é que ele vai ter ativado o Hyper Threading.

 

Placa-Mãe DX58SO

Placa-Mãe DX58SO

Sobre a DX58SO

O computador é formado por várias peças que muitas vezes não temos conhecimento de quais são. Quando alguma coisa para de funcionar já ficamos preocupados, achando que pode ser alguma coisa mais séria que pode vir a comprometer a máquina. O conhecimento acerca dos componentes eletrônicos é importante porque assim as pessoas não são passadas para trás quando algo estraga.

Computador funciona como um carro: se alguma coisa estraga e você não conhece, a probabilidade de você pagar por algo desnecessário é muito alta. Umas das peças principais de uma máquina é a placa-mãe. Com certeza muitas pessoas já ouviram falar dela, mas será que sabem para que ela serve?

Função da placa-mãe

A placa-mãe é um circuito central de qualquer computado. É nela que ficam os principais componentes informáticos necessários para o funcionamento do computador. Sem ela, o computador nem liga. Alguns dos componentes que estão ligados a ela são: processador, mouse, teclado, memória, placa de vídeo, HD, entre outros.

Além desses, na placa-mãe estão ligados outros periféricos que são importantes para o bom funcionamento da máquina. Circuitos, resistores, capacitadores, entradas especiais, e etc. também estão conectados com essa peça fundamental.

Tipos de placa-mãe

Existem vários tipos de placa-mãe, como o AT (muito utilizado entre os anos de 1983 a 1996), AT e ATX (usadas simultaneamente, no momento de transição de uma para outra), ATX (a mais comum do mercado hoje, desenvolvida principalmente pela Intel), BTX (criado para substituir a ATX em 2003, mas seu desenvolvimento está parado), LPX (criado para PCs mais finos) e o ITX (preço mais em conta).

DX58SO

Esse modelo de placa-mãe é o mais avançado do mercado. Criado pela Intel para proporcionar tecnologia mais rápida e inteligente, ela foi desenvolvida para suportar os novos processadores Intel Cores i7 – a mais nova tecnologia do mercado no setor de processadores.

Com essa placa-mãe, o usuário poderá executar várias tarefas ao mesmo tempo, só que com muito mais rapidez. Além disso, pode deixar a criatividade fluir graças à incrível mídia digital. O valor de uma boa placa-mãe é elevado, por isso o indicado é comprar uma máquina que já venha com um bom modelo. A placa-mãe DX58SO chega a custar R$ 2 mil.

Pesquisar
Artigos Relacionados