PDE Plano de Desenvolvimento da Educação

PDE Plano de Desenvolvimento da Educação

PDE Plano de Desenvolvimento da Educação

Sobre o PDE

Para garantir o desenvolvimento do país como um todo, o governo deve prestar a atenção necessária ao setor de educação, um dos principais responsáveis pela garantia da formação de cidadãos conscientes a responsáveis com contribuição para a sociedade. Porém, um dos problemas brasileiros se encontra justamente na falta de educação ou na maneira como ela é ministrada no ensino público.

Criação do projeto

Justamente pelo vazio existente no sistema público de ensino, diversas empresas passaram a oferecer o ensino particular. Porém, as classes sociais mais baixas não tem condições de arcar com esse custo, e é dever do governo prestar um serviço de qualidade. Como estratégia para reverter a situação na qual o país se encontra, foi lançado o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).

O lançamento oficial do PDE foi realizado no dia 15 de março de 2007. Para garantir que o governo tenha o conhecimento necessário a respeito da sua atuação com o PDE, o Plano inclui uma análise minuciosa da situação real na qual se encontra o sistema público de educação.

Ao mesmo tempo, o Plano visa melhorar a formação dos professores. Caso estes não sejam contemplados pelo PDE, a situação da educação vira uma bola de neve e o ciclo se perpetua pelas próximas gerações.

Mudanças previstas

Uma das maneiras que torna possível verificar como a situação da educação brasileira tem recebido maiores esforços é com o próprio orçamento planejado para esse setor. Em 2010, foi registrado o aumento de 4,5% do PIB para esse segmento. A previsão do MEC é que essa porcentagem aumentasse para 6% até 2012.

Para dar o norte necessário e estabelecer pontos-chave na atuação do governo com o PDE, foram definidos os seguintes passos: IDEB; Plano de Metas Compromisso Todos Pela Educação; Provinha Brasil; Fundeb; computadores em todas as escolas; piso salarial e universidade para o professor; mais creches; ensino profissionalizante; ensino superior; e alfabetização de jovens e adultos.

Com isso, pode-ser perceber que o governo continua a dar valor ao aprendizado mesmo dos adultos, por mais que tenham passado da fase normalmente dedicada ao ensino básico. Desse modo, os adultos tem a oportunidade de aprenderem a ler, escrever e, finalmente, se tornarem alfabetizados.

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados