Países para os brasileiros estudarem e trabalharem

links patrocinados

Países para os brasileiros estudarem e trabalharem

Conseguir um visto de estudante é algo muito possível quando se é aprovado em uma instituição do exterior, mas ter um emprego já não é permitido em alguns locais. Confira uma lista com alguns países para os brasileiros estudarem e trabalharem.

As regras de trabalho nos Estados Unidos

Países para os brasileiros estudarem e trabalharem Conheça os países para os brasileiros estudarem e trabalharem

Muitos brasileiros possuem o sonho de estudar no exterior, mas como conseguir arcar com os custos extras sem ter um trabalho? Um dos países para os brasileiros estudarem e trabalharem é os Estados Unidos, que consegue diversos tipos de vistos, incluindo o F-1. Essa categoria permite que os estrangeiros frequentem uma escola ou universidade normalmente, mas com direito também a um emprego remunerado.

Entretanto, para não se dar mal é preciso ficar de olho em todas as regras e regulamentos, como o horário, podendo os estudantes trabalharem somente no Campus e por até 20 horas semanais. Entre os países para os brasileiros estudarem e trabalharem, os Estados Unidos ainda oferecem 40 horas semanais quando as pessoas estão de férias.

Saiba os Países para os brasileiros estudarem e trabalharem

Países para os brasileiros estudarem e trabalharem: Nova Zelândia

Uma grande abertura para os estudantes estrangeiros também ocorreu com a Nova Zelândia, nação altamente desenvolvida da Oceania. Entre os países para os brasileiros estudarem e trabalharem, uma recente política permite que aqueles que possuem visto para estudo e intercambistas também possam ter um emprego, desde que de acordo com o tempo de permanência.

Diferente do que ocorre nos Estados Unidos, na Nova Zelândia terão permissão para trabalho aqueles que frequentarem um curso de idiomas ou outros cursos com mais de 14 semanas de duração. Na lista dos países para os brasileiros estudarem e trabalharem, o visto adequado é emitido direto no Brasil.

Alguns países para os brasileiros estudarem e trabalharem

O trabalho e estudo dentro da Espanha

Entre os países para os brasileiros estudarem e trabalharem também está a Espanha, na qual os estrangeiros devem entrar com um pedido especial de autorização de emprego às autoridades locais. A permissão só é dada para trabalhos remunerados com até 20 horas semanais, sendo que o contrato deve estar de acordo com o tempo de visto emitido ao estudante.

Já nas férias, os brasileiros já podem conseguir um emprego com horário integral. Vale lembrar ainda que o emprego conseguido deve ser na área do que é estudado pelo universitário e em uma das redes credenciadas pelo país.

Países para os brasileiros estudarem e trabalharem - saiba mais

Países para os brasileiros estudarem e trabalharem: Alemanha

Dito como um dos países mais amplamente desenvolvidos em todo o mundo, quem viajar com propósito acadêmico para a Alemanha também pode conseguir autorização para ter um emprego. Entre os países para os brasileiros estudarem e trabalharem, é permitida uma carga de até 120 dias de trabalho integralmente ou 240, quando em período parcial.

Essa permissão só é possível para alunos universitários, sendo que quem está no território para aprender idiomas, só pode trabalhar durante as férias. Na lista dos países para os brasileiros estudarem e trabalharem, não há um salário mínimo estipulado aos estrangeiros, mas o ganho é, geralmente, por hora.

Pesquisar
Artigos Relacionados