Países mais perigosos da América Latina

links patrocinados

Países mais perigosos da América Latina

Confira uma interessante lista sobre os Países mais perigosos da América Latina e o que faz deles locais tão violentos para se viver.

El Salvador é considerado como um dos mais violentos do mundo

De acordo com uma pesquisa mundial de avaliação organizada pela Secretaria de Genebra, El Salvador é o primeiro entre os Países mais perigosos da América Latina e também do mundo. Com um índice de homicídios considerada muito alta, a taxa de mortes é de 60 pessoas a cada 100 mil habitantes. O número é maior do que em países em guerra, como o Iraque, que aparece mais abaixo na classificação.

Países mais perigosos da América Latina Conheça os Países mais perigosos da América Latina

Apesar de um recente pacto criado entre as duas maiores gangues que dominam o local, El Salvador permanece entre os Países mais perigosos da América Latina, ainda mais porque a violência acaba influenciando de forma negativa na economia, que fica estancada por causa dos custos que as pessoas possuem com segurança. A criminalidade ainda é muito preocupante nessa nação latina.

Confira os Países mais perigosos da América Latina

Países mais perigosos da América Latina: Honduras

Honduras também está entre os Países mais perigosos da América Latina, ainda mais com a cidade de San Pedro Sula sendo considerada como o município mais violento em todo o planeta. Entre os principais problemas está a taxa assustadora de morte por habitantes e o enorme tráfico de drogas, ambos que são males extremamente ligados.

Atualmente, além de estar entre os Países mais perigosos da América Latina, foi considerado como o de maior periculosidade para os profissionais jornalistas, que além de passares por fortes censuras também passam a sofrer com a violência física e com as ameaças.

 América Latina

A questão da guerra urbana da Colômbia

Os protestos e insatisfação da população com o governo também chegaram à Colômbia, situada entre os Países mais perigosos da América Latina. Sob a ação das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), a violência entre militantes e guerrilheiros somente fica maior, apesar das várias tentativas de restauração da paz na capital Bogotá e região.

As drogas também são fortes por causa do enorme narcotráfico que praticamente lidera o país em questões políticas e influencia em outras partes também. Mesmo com as várias medidas de proteção contra a violência que vem sendo implantadas e mostrando resultados em grandes cidades como Medelín, a nação ainda figura entre os Países mais perigosos da América Latina.

Países mais perigosos da América Latina - saiba mais

Países mais perigosos da América Latina: Venezuela

Depois das fortes manifestações contra e à favor ao governo de Nicolás Maduro, a Venezuela se acentua ainda mais entre os Países mais perigosos da América Latina. Os protestos geraram centenas de feridos e mortos, gerando preocupação até mesmo com a ONU (Organização das Nações Unidas) e de outros órgãos internacionais.

Esses dados geram bastante preocupação quanto aos índices dos Países mais perigosos da América Latina, já que 6 dos 14 países classificados estão presentes nessa região do planeta. O tráfico de drogas e a criminalidade acentuada por este se mostra como um dos principais problemas a serem enfrentados pelas políticas públicas.

Pesquisar
Artigos Relacionados