O que é serotonina

O que é serotonina

O que é serotonina

Serotonina é um composto orgânico que atua como um neurotransmissor no cérebro, também conhecida quimicamente como 5-hidroxitriptamina. A função da serotonina é a de conduzir uma transmissão de um neurônio para outro.

Onde encontrar serotonina

A princípio pensava-se que a serotonina existia apenas no sangue, mas o composto também é encontrado em plaquetas, no cérebro e intestino.

A substância também pode ser encontrada em alimentos ricos em proteínas, e em outros alimentos como abacaxi, ameixas, tâmara, amendoim, carne, peixe, nozes, peru, presunto, leite, queijo, banana. A substância está presente ainda no veneno do escorpião e picadas de vespa.

Funções da substância

Além da condução de informação de um neurônio para outro, a serotonina é uma indolamina, que transforma substâncias no aminoácido triptofano. Ela é responsável por inúmeras funções do cérebro, principalmente no estímulo do ácido gamaminobutírico (GABA).

A serotonina tem forte ligação com os transtornos de humor e afetivos. Os antidepressivos atuam no aumento dessa substância. Conforme o grau de serotonina no organismo de uma pessoa é possível verificar se ela está sujeita a praticar violência, irritada, impulsiva, depressiva e compulsiva em relação à comida.

A temperatura corporal controlada pelo Sistema Nervoso Central também recebe influências da serotonina. Ela é uma inibidora dos estímulos do cérebro para a sensação da dor, portanto, muitos casos como dores nas costas e enxaqueca são diminuídos com uma maior concentração de serotonina.

Falta de serotonina no cérebro

A ausência dessa substância no organismo pode provocar crises de choro, irritabilidade, carência de emoção racional, alterações no sono, e inúmeros outros problemas emocionais. Também pode causar a febre emocional.

No entanto, a falta de serotonina pode levar a níveis mais sérios, comprometendo drasticamente a saúde do sujeito. Uma anormalidade provocada pela ausência da serotonina refere-se a condições neuropsíquicas como o Mal de Parkinson.

O Mal de Huntington, síndrome das pernas inquietas, também é outra doença que pode ser desencadeada pela ausência da serotonina, assim como problemas em relação o sono, distonia neuromuscular, tremor familiar, entre outros. Além desses, há os problemas psiquiátricos, como depressão. A ausência da serotonina também pode levar ao mau funcionamento do sistema serotoninérgico.

Aumentando o consumo de alimentos ricos em serotonina é possível diminuir os males da ausência que este provoca.

Outras alterações no organismo

A serotonina está ligada às alterações do sono, atividade sexual e apetite. A ausência da substância provoca a ansiedade, o que pode gerar um grau de insônia no sujeito.

Quando não há grande quantidade de serotonina no organismo do indivíduo, ela age no hipotálamo, e inibe a liberação de hormônios sexuais; quando há uma pequena quantidade, maior é a liberação desses hormônios sexuais.

Em relação à alimentação, quando há uma quantidade adequada de serotonina no organismo, o indivíduo se sacia mais facilmente, e a digestão de açúcares ocorre normalmente, o desejo por doces também é controlado. O contrário acontece com a diminuição da serotonina.

Então quanto maior é a quantidade de serotonina é mais fácil haver um quadro de anorexia, e se for um baixo nível da substância, é comum ocorrer a obesidade.

Fotos

Confira Fotos de O que é serotonina:

A serotonina é um neurotransmissorA serotonina é um neurotransmissor
Alimentos que estimulam a serotoninaAlimentos que estimulam a serotonina
A falta ou excesso de serotonina pode desencadear vários problemasA falta ou excesso de serotonina pode desencadear vários problemas

GD Star Rating
loading...
O que é serotonina, Nota: 4.8 de 5 com 36 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados