Nova carteira de identidade

links patrocinados

Nova carteira de identidade

Nova Carteira de Identidade

O Registro Geral, também conhecido simplesmente como Identidade, é o documento oficial de reconhecimento individual civil no Brasil. Nela, é possível visualizar informações como nome completo do cidadão, sua filiação (nome e sobrenome do pai e da mãe), cidade de origem, data de nascimento, foto, assinatura pessoal e a impressão digital do polegar direito. Com validade em todo o país, é emitida pelos governos estaduais, resultando inclusive em documentos com números diferentes caso seja criado uma identidade em um estado e outra em outro, por exemplo.

Para realizar a criação pela primeira vez do documento, só é necessária a certidão de nascimento, caso seja solteiro, ou a de casamento, caso seja casado, além de três fotos no formato três por quatro. A certidão em questão deve ser original ou então uma cópia autenticada em cartório. Pode ser feita em delegacias da polícia civil, por exemplo. Quando o indivíduo perde ou então tem sua identidade roubada, deve avisar as autoridades imediatamente. Desde o ano de 2008, o Governo Federal anunciou que iria começar o processo de substituição do documento de identidade por um novo formato, sendo que esse iria evitar a réplica de RGs da mesma pessoa em estados diferentes.

O documento seria nomeado Registro de Identidade Civil (RIC), contando com o uso de tecnologias como chip integrado e com os dados do RG antigo, além de outros documentos, como o Cadastro de Pessoa Física (CPF), o título de eleitor e dados sobre a situação eleitoral (zona de votação, se está em dia nesse sentido) e também um sistema de armazenamento de todas as impressões digitais para facilitar investigações policiais, bem como outros serviços realizados pelo Governo Federal.

Mais informações

Segundo informações da época de anúncio do RIC, o sistema foi comprado por mais de trinta e cinco milhões de dólares e as novas identidades seriam implementadas em um prazo de nove anos, tendo sido adquirido em 2004 (ou seja, até 2013, todos deveriam estar com a nova identidade), entretanto, todo o processo se atrasou, iniciando de verdade em 2009 e aumentando o prazo final de implementação do sistema. Vários testes em cidades específicas já foram realizadas com os cidadãos, que saíram da experiência com o RIC em mãos. Em 2011, menos de dois milhões de cidadãos já tinham a nova identidade, sendo que foram feitas em cidades específicas determinadas previamente pelo Governo Federal (são elas: Rio Sono no Tocantins, Brasília no Distrito Federal, Nísia Floresta no Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro (RJ), Salvador na Bahia, Ilha de Itamaracá no Pernambuco e Hidrolândia em Goiás.

O RIC também irá reunir outros documentos, como o passaporte, a carteira de habilitação (CNH), além de certidões como a de nascimento e de casamento. Desde 2011, as pessoas selecionadas devem comparecer ainda que o CPF estiver irregular ou então tenha o nome sujo no Serasa, por exemplo. Não haverá taxa de custo para criar o novo documento. Para maiores informações, visite a delegacia mais próxima ou então entre no site do Governo Federal.

Fotos

Confira Fotos da Nova carteira de identidade:

Nova carteira de identidadeNova carteira de identidade
Detalhes da nova carteira de identidadeDetalhes da nova carteira de identidade
Antiga carteira de identidadeAntiga carteira de identidade

GD Star Rating
loading...
Nova carteira de identidade, Nota: 4.3 de 5 com 6 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados