Máquina Digital a Prova de Água

links patrocinados

Máquina Digital a Prova de Água

Máquina Digital a Prova de Água

Com o passar dos anos, o homem sentiu necessidade de aprimorar as suas ferramentas, esta ornamentação começou sendo manual, com técnicas primitivas, como é o caso da invenção da roda. Sabe-se que inicialmente a roda era quadrada, porém como a necessidade da obtenção de uma roda (redonda como conhecemos hoje), os homens trabalharam em cima daquela “coisa quadrada” até chegarem à circunferência perfeita.

Isso acontece com praticamente todas as cosias que existem nos tempos modernos, a crescente inovação tecnológica vem acontecendo de acordo com as necessidades que vão surgindo.

Evolução da Máquina Fotográfica

O principio da máquina fotográfica surgiu n a Grécia Antiga, quando Aristóteles criou a câmara escura, com a finalidade de observar eclipses solares sem que a sua visão fosse prejudicada. O filosofo, matemático, físico e astrônomo fez um pequeno furo na câmara, no qual a luz atravessava e constituindo uma imagem em seu interior.

Preco Maquina digital a prova de agua

Está experiência ficou marcada, pois foram identificados praticamente todos os princípios óticos. Sendo, portanto, a primeira câmera fotográfica da história. Com a evolução da câmara escura, como a criação e aperfeiçoamento das lentes, as imagens tornaram-se mais nítidas, porém ainda não era possível consolidar as fotografias.

Thomas Wedgwood foi o grande precursor na fixação de imagens. No início do século XIX, Wedgwood fez uso da substância química, nitrato de prata para memorizar as imagens dentro da câmara escura, entretanto o tratamento com essa substância levava algumas horas.

Maquina a prova de agua

Luis Jacques Mandé Daguerre, foi outro personagem importante para a história da máquina fotográfica, ele utilizada vapor de mercúrio e tiossulfato de sódio na fixação das imagens, o que diminuiu o tempo de revelação, para apenas poucos minutos.

Willian Henry Fox Talbot criou o negativo das fotos, dando outro passo importante no advento deste equipamento.
As câmeras fotográficas em si, surgiram em meado do século XIX, quando George Eastman, criador da Kodak Company, elaborou uma extensa camada de nitrato de celulose, que se enrolava a cada foto tirada. Custando aproximadamente 20 dólares, as câmeras Kodak se tornaram popular pela sua simplicidade, o consumido deveria, apenas, apertar um botão para a realização da foto.

O Mercado Fotográfico atual

Camera digital

Atualmente, o mercado fotográfico conta com inúmeras opções e apetrechos para que o fotógrafo obtenha êxito na ideia de composição da foto. Lentes de vários tipos (olho de peixe, prime, angular, de zoom, macro, entre outras), flash para permitir a foto noturna, microfone acoplado a fim de captar som junto a imagem.

Além desses apetrechos separados da câmera, o corpo em si da máquina fotográfica, também teve grande processo evolutivo: focagem, saturação, brilho, ISO, e assim por diante.

A Máquina Digital a Prova D’Água

Antigamente se algumas gotículas de água entrassem em contato com uma câmera fotográfica, adeus câmera! Na hodiernidade, existem vários modelos que funcionam inclusive em baixo d’água. Está evolução teve grande mérito ambiental, visto que, agora é possível acompanhar a vida de vários animais marinhos, que antes não eram estudados de maneira ampla devido a falta de recursos disponíveis.

Tipos de Maquina digital a prova de agua Lancamentos Maquina digital

Pesquisar
Artigos Relacionados