Maiores problemas da Black Friday

links patrocinados

Maiores problemas da Black Friday

Confira quais foram e são os maiores problemas da Black Friday.

Os famosos descontos falsos

Maiores problemas da Black Friday Conheça os maiores problemas da Black Friday

Adaptado para o Brasil, a Black Friday foi criado nos Estados Unidos como um termo cunhado a uma sexta-feira onde vários descontos eram dados em lojas virtuais e físicas, formando filas e filas. Nacionalmente, um dos maiores problemas da Black Friday foi a maquiagem dos preços, para enganar aos consumidores e fazer com que eles acreditem que os valores estão melhores.

Muitas reclamações foram recebidas pelo Procon – Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor, principalmente sobre os preços falsos, que eram amentados um pouco antes do evento. Por exemplo, um ventilador custa R$ 50 reais, mas nas lojas acabavam aumentando para R$ 80 reais, com um desconto falso de R$ 30 reais. Como um dos maiores problemas da Black Friday, pesquisas antes é sempre o mais indicado para não cair em uma cilada.

Saiba os maiores problemas da Black Friday

Maiores problemas da Black Friday: sites muito congestionados

Como os maiores problemas da Black Friday geralmente ocorrem no meio virtual aqui no Brasil, sites famosos pelas compras geralmente ficam muito congestionados pela alta quantidade de pessoas que estão navegando ao mesmo tempo, o que pode até acarretar a queda da página na Internet.

Assim, alguns sites de vendas como o Submarino e a Americanas.com começaram a criar uma técnica que faz uma verdadeira fila entre os usuários que acessam o site, direcionando as pessoas quando o mesmo fica menos congestionado. Como um dos maiores problemas da Black Friday, a dica é ficar atento ao horário e já entrar na página quando os descontos começarem. Acessar mais pela madrugada é também recomendado.

Black Friday

Lentidão nos caixas dos estabelecimentos físicos

Entre os maiores problemas da Black Friday está também as filas bem lentas que acabam causando a impaciência dos consumidores e levando bastante tempo. Mas isso é consequência da promessa dos descontos devendo o consumidor já se programar para isso.

Por isso, evite ir às lojas físicas nos horários de pico, que geralmente ocorre logo pela manhã e entre às 12h e 14h da tarde. Como um dos maiores problemas da Black Friday, fique de olho no horário que o lugar abre as portas, já que se você for muito tarde, as melhores coisas já poderão ter sido adquiridas por quem madrugou na fila.

Maiores problemas da Black Friday - saiba mais

Maiores problemas da Black Friday: mercadorias que nunca chegam

Fique sempre atento as páginas na qual você está comprando para evitar os maiores problemas da Black Friday, entre eles, os sites falsos que acabam pegando o seu dinheiro e não entregando a mercadoria comprada. Tome cuidado com aqueles que colocam, falsamente, o logo da Black Friday, mas só querem mentir para os clientes, sendo que existem páginas oficiais colocando quais os lugares que possuem os descontos oficiais.

Uma recomendação para não se perder é consultar por meio do Procon quais são as páginas não recomendas para se comprar e evitá-las. Outra das formas de evitar os maiores problemas da Black Friday é também procurar indicações dos amigos de onde eles costumam adquirir suas mercadorias no ambiente virtual.

Pesquisar
Artigos Relacionados