Jornal Correio Braziliense 2013

links patrocinados

Jornal Correio Braziliense 2013

Jornal Correio Braziliense 2013

Correio Braziliense: o jornal mais qualificado para você!

Com sede na capital brasileira, Brasília, o Correio Braziliense pertence ao grupo formado por Assis Chateaubriand, os Diários Associados (DA). Além do Correio Braziliense, o DA também é dono da rádio Clube FM, a TV Brasília e os portais Correio Braziliense e Correio Web. O Correio Braziliense é um dos jornais mais conhecidos e lidos no Brasil, juntamente com o Estado de São Paulo, Folha de São Paulo, O Globo e Folha de Minas.

História do Correio

Junto com a inauguração da cidade criada por Niemeyer e a TV Brasília, foi criado o Correio Braziliense no dia 21 de abril de 1960 pelo visionário Assis Chateaubriand. A nomeação do jornal foi uma homenagem ao jornal criado e editado em Londres por Hipólito José da Costa, o Armazém Literário ou Correio Braziliense. A gazeta foi feita após o desafio que Juscelino Kubitschek fez a Chateaubriand, propondo o lançamento de um jornal na nova capital federal. O Correio, diferentemente da TV Brasília que foi vendida em 2011, não saiu dos Diários Associados após a morte de Chateaubriand.

Design do jornal

Além de ser um jornal conhecido por sua pluralidade, o Correio também tinha um projeto gráfico que foi diversas vezes premiado pela Society for News Design (SND), uma das mais importantes sociedades de design de gazetas. Os diretores-executivos do Correio que mais receberam esses prêmios foram Ricardo Noblat e Francisco Amaral.

Durante muitos anos, principalmente entre 1990 e 2003, o Correio Braziliense comandou como eram feitas as páginas dos jornais brasileiros graficamente. É possível perceber essa qualidade e liderança gráfica na capa da gazeta, onde são valorizados um ou dois temas, no caso as manchetes, usando uma tipografia hierárquica para as chamadas com foto ou não, as fotos-legendas e até os fios. A última mudança editorial e gráfica do impresso aconteceu no dia 21 de junho de 2009.

O Correio na internet

O Correio Braziliense foi o primeiro jornal brasileiro a ter uma versão disponível na web. No dia 21 de abril de 2008, 48 anos após a inauguração do impresso, o site da gazeta foi totalmente redesenhado, tendo como objetivo torná-lo mais simples, atrativo e interativo, com o uso de enquetes, principalmente. O telejornal Correio Notícias e programas como ‘Grita Geral’, ‘Bate-Pronto’ e ‘Correio Debate’ podem ser visualizados no site do Correio. Sempre na vanguarda, o jornal, a partir dos Diários Associados, criou sua versão para o Ipad e tablets em geral, no dia 15 de janeiro de 2011.

Expediente, cadernos e assinaturas

O atual Diretor-Presidente do Correio Braziliense é Álvaro Teixeira da Costa e o Diretor de Redação é Josemar Gimenz. Os cadernos diários do Correio têm uma variedade de editorias para informar e entreter o leitor, como Política, Brasil, Economia, Opinião, Mundo Saúde, Ciência, Cidades, Política no DF, Economia no DF, Diversão e Arte, Super Esportes e Classificados. Já nas edições não-diárias são feitas matérias sobre tecnologia, gastronomia e qualidade de vida.

Caso você queira assinar a versão impressa do jornal, o preço será R$ 46,99 por um ano. Já se você prefere ler as principais notícias sobre o Brasil e o mundo pela internet, então você precisa adquirir a versão digital, que custa apenas R$ 29,90. Porém, se você quer estar antenado a todo o momento e quer o impresso, o digital e a versão para o seu Ipad, o valor fica ainda melhor: R$ 54,06 a assinatura anual. Mais informações podem ser adquiridas no site do Correio Braziliense.

Fotos

Confira Fotos do Jornal Correio Braziliense 2013:

Jornal Correio Braziliense 2013 Jornal Correio Braziliense 2013 Jornal Correio Braziliense 2013 Jornal Correio Braziliense 2013

Pesquisar
Artigos Relacionados