Insuficiência respiratória

Insuficiência respiratória

Insuficiência Respiratória

A insuficiência respiratória, como o nome sugere, é uma incapacidade de manter os níveis de oxigênio e dióxido de carbono no cérebro. Ou seja, a dificuldade de conseguir respirar sozinho. Em casos mais graves é possível que a doença o leve a morte, em poucos minutos.

Tratamento

A principal ação ao se identificar uma dificuldade respiratória é procurar um especialista para detectar as causas do seu problema. Geralmente, nos casos de insuficiência respiratória recomenda-se o uso de medicamentos farmacêuticos que eliminem o gás carbônico do sangue, para normalizar a respiração. Estes remédios são encontrados como máscaras de oxigênio que ajuda o paciente a respirar.

Alem disso, como forma de tratamento auxiliar, podem ser utilizados os serviços de um fisioterapeuta, pois os profissionais os ajudarão a eliminar secreções, melhorar a perfusão sanguínea e prevenir as escaras. Se o tratamento for realizado com a frequência recomendada, a melhora do paciente acontece muito mais rápido do que apenas com o tratamento farmacêutico.

Respiracao

Em último caso, o tratamento deverá ser realizado através de uma intervenção cirúrgica para desbloquear as vias aéreas, permitindo que o paciente respire livremente.

Sintomas da Insuficiência

Os principais sintomas para que uma pessoa desconfie que possua problemas para respirar é visíveis em casos de problemas crônicos, como a falta de ar constante. Entretanto, quando os casos são de insuficiência aguda, os sintomas são: dificuldade de respirar, unhas arroxeadas, taquicardia, taquipnéia, confusão mental, falta de coordenação motora, irritabilidade, sonolência e, em casos mais graves, coma.

Problemas Respiratorios

A falta de tratamento pode, primeiramente, elevar os batimentos cardíacos e depois os desacelerar de forma brusca, gerando um choque circulatório. Nestes casos, o principal risco para as pessoas é a parada cardíaca.

Causas

As principais causas para que uma pessoa tenha a sua respiração prejudicada são algumas doenças que afetam diretamente os músculos, nervos e tecidos que ajudam na respiração ou no funcionamento correto do pulmão.

Quando algo prejudica o pulmão, o órgão deixa de mover com facilidade o oxigênio para o sangue e, também, não consegue remover o dióxido de carbono. O resultado dessa alteração é o sangue com níveis alterados dos gases que prejudicam todo o organismo.

Sintomas da Insuficiencia Respiratoria

Dentre tantos problemas que causam a insuficiência respiratória, estes são alguns: esclerose amiotrófica lateral, lesões na medula espinhal, derrame, distrofia muscular, danos na costela, problemas na espinha, overdose por substâncias entorpecentes, pneumonia, inalação de gases tóxicos e embolia pulmonar.

Diagnóstico

Para que uma pessoa seja diagnosticada com a doença é necessário que um médico realize exames físicos e analise o seu histórico médico e familiar, para que possa chegar à conclusão oficial de causa e de tratamento.

Os exames físicos realizados para detectar a insuficiência respiratória são: Oximetria de pulso, ou seja, calcular a quantidade de oxigênio no sangue e a Gasometria Arterial, que mede os níveis de oxigênio e dióxido de carbono no sangue, através de amostra coletada.

Além disso, para que se tenha certeza do diagnóstico, o médico pode solicitar o exame de raio-x do peito e um eletrocardiograma, pois as imagens deixam nítidas os casos de insuficiência respiratória.

Diagnostico da Insuficiencia Respiratoria Insuficiencia Respiratoria em criancas

GD Star Rating
loading...
Insuficiência respiratória, Nota: 3.0 de 5 com 2 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados