INSS Dataprev 2012

links patrocinados

INSS Dataprev 2012

INSS Dataprev 2012

A Dataprev é a Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social, ela é uma empresa pública responsável pelo gerenciamento de dados sociais no Brasil. Com isto o INSS torna-se um dos maiores utilizadores da Dataprev, pois necessita de dados sociais em todas as operações lá realizadas. Os dois estão linkados ao Ministério de Estado e Previdência Social.

A Dataprev possui em seu banco de dados área para consulta e serviços disponibilizados que podem ajudar o cidadão a encontrar resposta sobre os benefícios do INSS. Para consultar os dados da Dataprev o cidadão precisa ter acesso a internet. O modelo de consulta de dados em 2012 segue o mesmo padrão dos anos anteriores.

Como funciona

A Plataforma de consultas da Dataprev 2012 funciona de modo bastante simples, para que todos os cidadãos com acesso consigam utilizá-la para encontrar as informações desejadas. Através do portal Dataprev INSS o cidadão tem acesso ao agendamento para pagamento de benefícios.

No portal Dataprev o contribuinte tem acesso a tabelas de códigos do INSS, o que significa cada um deles, pois assim fica mais fácil para sanar duvidas e conseguir melhores informações dobre os benefícios. A simulação de aposentadoria também esta disponível no Portal Dataprev.

A Simulaçao de aposentadoria pode ser realizada inserindo o tempo de contribuição na área indicada do portal. Porém esta simulação não tem validade como documento. Sendo assim é apenas um modo do contribuinte ter alguma ideia de quanto tempo ele ainda deverá contribuir para ter direito aos benefícios do INSS.

Todos os benefícios e assuntos que possuem relação a aposentadoria através do INSS são organizados pelo Dataprev, por isto o portal disponibiliza a área para consultas dos benefícios 2012, além de também disponibilizar a área INSS Dataprev de agendamento par ao pagamento dos benefícios 2012.

Concurso INSS Dataprev 2012

Em 2012 foi realizado o concurso para servidor do INSS, as provas e gabaritos podem ser consultados no site da instituição promotora do concurso. O concurso aconteceu em todo o país. As vagas disponíveis do concurso foram para atender diversos cargos que estavam com defasagem de profissionais.

INSS Aposentadoria

INSS Aposentadoria

Sobre o INSS Aposentadoria

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é responsável por receber as contribuições que mantém o Regime de Previdência Social e pelo pagamento de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-acidente, auxílio-doença, entre outros benefícios dos trabalhadores. O INSS é uma autarquia do governo federal que está vinculado ao Ministério da Previdência Social e trabalha com o Dataprev, uma empresa que realiza o processamento dos dados da Previdência.

A Previdência Social é um seguro para o trabalhador em casos de acdente, doença, gravidez, prisão, falcimento e velhice. Os benefícios garantem renda ao contribuinte e sua família, para ocasiões futuras ou possíveis. Para ter direito a essa proteção, o trabalhador deve estar inscrito e contribuir todos os meses para o Regime de Previdência.

Aposentadoria por idade

Depois de anos de trabalho e contribuição, os trabalhadores podem se aposentar com renda integral ou parcialmente equivalente àquela que recebia no último emprego. Atualmente podem se aposentar os trabalhadores urbanos homens com idade a partir de 65 anos e rurais a partir de 60 anos. As trabalhadoras urbanas podem se aposentar a partir de 60 anos e as rurais a partir dos 55.

É importante mencionar que a aposentadoria por idade é irreversível e irrenunciável, não sendo possível desistir do benefício. Ainda assim, o trabalhador não precisa sair do emprego para pedi-la.

Aposentadoria por tempo de contribuição

A aposentadoria pode ser integral ou proporcional ao tempo de trabalho. Para obter aposentadoria integral, o trabalhador homem deve comprovar, no mínimo, 35 anos de contribuição. Já a trabalhadora deve ter pelo menos 30 anos de contribuição. É possível ainda pedir aposentadoria proporcional combinando os dois requisitos: idade mínima e tempo de contribuição.

Para ter direito à aposentadoria integral ou proporcional, é preciso ainda cumprir um prazo de carência, que equivale ao número mínimo de contribuições mensais. No caso dos inscritos a partir de 25 de julho de 1991, o número mínimo é de 180 contribuições. Já os filiados antes dessa data precisam seguir a tabela progressiva, que está disponível para consulta no site da Previdência Social.

Quando o contribuinte aposentado flece, o benefício se transforma em pensão para o cônjuge, se existir.

Pesquisar
Artigos Relacionados