Inscrições Fies 2010

links patrocinados

Inscrições Fies 2010

Inscrições FIES

Muitas pessoas perdem excelentes oportunidades de trabalho, ou sequer conseguem concorrer a uma vaga, por não terem condições de arcar com as despesas de uma universidade particular. Para combater esta desigualdade e garantir que cada vez mais pessoas de baixa renda tenham acesso à educação de qualidade é que o governo federal criou o Programa de Financiamento Estudantil (FIES).

História do FIES

O FIES foi criado em 1999 em substituição ao Programa de Crédito Educativo, e daquele ano para cá já beneficiou mais de 550 mil estudantes de todo o Brasil. O FIES pode ser usado tanto por alunos de baixa renda da graduação quanto por aqueles que pretendem fazer um mestrado ou doutorado. Os alunos bolsistas parciais do PROUNI, que pagam apenas 50% do valor da mensalidade, também têm direito ao FIES. É preciso que a instituição de ensino não seja gratuita, esteja cadastrada no programa e também possua avaliação positiva concedida pelo MEC.

Em 2010 o Programa de Financiamento Estudantil foi reformulado e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) tornou-se o novo agente que opera programa. A partir deste ano os juros foram reduzidos para 3,4% ao ano e os estudantes começaram a ter o direito de pedir o financiamento durante qualquer época do ano.

Regras

Podem solicitar o FIES estudantes que estejam matriculados em uma instituição de ensino superior avaliada com conceito igual ou superior a 3 e devidamente cadastrada no programa. É necessário que o aluno tenha renda familiar mensal bruta de no máximo vinte salários mínimos. Os valores de financiamento permitidos variam de acordo com a faixa salarial do estudante. Aqueles cuja renda familiar for de até dez salários mínimos e o percentual de comprometimento da renda mensal da família com os estudos for igual ou superior a 60%, têm direito a 100% de financiamento. No caso de valor igual ou superior a 40% de comprometimento, a porcentagem máxima de financiamento permitida cai para 75%.

Estudantes com renda familiar entre 10 e 15 salários mínimos, com comprometimento igual ou superior a 40%, podem solicitar até 75% de financiamento. No caso de comprometimento igual ou superior a 20%, o valor máximo de financiamento permitido passa para 50%.

Já estudantes com renda familiar entre 15 e 20 salários mínimos, cujo comprometimento com os estudos for igual ou maior do que 20%, têm direito a 50% de financiamento.

Inscrições FIES

Para se inscrever no FIES é preciso acessar o Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), preencher o cadastro com dados pessoais, informações do curso e da instituição, além de dados sobre o financiamento.

Após finalizar a inscrição, o aluno deve se dirigir a sua instituição de ensino e validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento. Na sequência, o estudante deve comparecer a um agente financeiro do FIES, que podem ser as agências da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil.

Todas as informações relativas ao programa, regras e exigências e também a lista com todas as instituições de ensino cadastradas no FIES podem ser consultadas no site oficial do programa, que está vinculado ao MEC.

Fotos

Confira Fotos sobre Inscrições Fies 2010:

Quando começa as Inscrições Fies 2010 Fies Inscrições 2010 2010 Inscrições Fies Site Inscrições Fies 2010

Pesquisar
Artigos Relacionados