Infarto: Sintomas e Como fazer os Primeiros Socorros

links patrocinados

Infarto: Sintomas e Como fazer os Primeiros Socorros

As doenças cardiovasculares são as grandes líderes de morte em todo o mundo. No Brasil, elas são responsáveis por mais de 30% dos óbitos. Pode-se afirmar que o Infarto Agudo do Miocárdio é a causa principal de mortes. Por isso, o tempo de demora entre o início dos sintomas e o atendimento final pode ser crucial para determinar quem vive e quem morre. Os fatores de risco para que ocorra o infarto são o colesterol alto, a hipertensão, a obesidade, o estresse, a diabetes e ocorrência de infartos anteriores. Vale ressaltar que mulheres depois da menopausa e homens na faixa da meia idade são os mais afetados pela doença. Por isso, saiba como reconhecer os sintomas do infarto e como são os cuidados com os primeiros socorros.

Reconhecendo os sintomas

Infarto: Sintomas e Como fazer os Primeiros Socorros Infarto: Sintomas

Os principais sintomas de infarto incluem uma dor no peite intensa com irradiação para o pescoço e para o braço esquerdo. Em geral, essa sensação dura 30 minutos e pode vir acompanhado de náuseas, mal estar geral e de vômitos. Já os diabéticos e as mulheres podem sentir um cansaço desproporcional, falta de ar e queimação no estômago. Outros sintomas que podem caracterizar um infarto são as dores mantidas desde a mandíbula até o umbigo, dores estranhas e impossíveis de localizar com a ponta do dedo.

Infarto: Causas

Confira mais

Vale ressaltar que essas dores costumam se iniciar após um episódio de estresse físico ou emocional. Quando o indivíduo estiver infartando chame a emergência. Acionando rapidamente o serviço de emergência, consegue-se reduzir os riscos de morte. Isso porque no infarto, as células do coração morrem, por isso, quanto mais rápido for o atendimento, menor é a quantidade de músculos cardíacos mortos.

Primeiros Socorros

Reinvindicações

A menor suspeita de infarto, posicione o indivíduo para que ele fique numa posição confortável. O ideal é que ela fique deitada ou sentada, mas lembre-se de afrouxar as roupas para aliviar a sensação de falta de ar. Este cuidado também ajuda a manter o paciente consciente e calmo até a chegada do serviço de emergência. Caso você tenha por perto comprimidos de ácido acetilsalicílico infantil dê ao paciente. Este medicamento ajuda na dissolvição de coágulos de sangue e de placas de gordura que possam estar obstruindo as artérias. O ideal é que sejam dados três comprimidos de 100 mg para o paciente. Para acelerar a absorção do medicamento, ele deverá antes de engolir, mastigá-lo.

Infarto: Sintomas e Como fazer os Primeiros Socorros - saiba mais

Massagens Cardíacas

Caso o indivíduo esteja desacordado e na falta de uma máquina desfibrilador automático, inicie a massagem cardíaca até a chegada do serviço de emergência. Para isso, pressione o tórax na região central do peito com as mãos cruzadas e espalmadas. Suas mãos devem ficar posicionadas entre os mamilos e a compressão deve ser feita de forma rápida e forte. Existem alguns cursos direcionados a não profissionais que podem ajudá-lo a reconhecer e ensinam como agir nestas situações de emergência. Para mais informações procure um centro de treinamento na sua cidade. Ao menor sinal dos sintomas, chame uma ambulância ou encaminhe o paciente para o hospital mais próximo do local.

Pesquisar
Artigos Relacionados