IDEC Plano Collor

links patrocinados

IDEC Plano Collor

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, o IDEC, atua de forma a garantir que os direitos do cidadão brasileiro sejam respeitados. Uma das frentes de atuações do IDEC é junto a restituição a ser recebida por todos os brasileiros que sofreram algum tipo de dano pelo Plano Collor da década de 90.

Plano Collor

O Plano Collor foram reformas econômicas adotadas na década de 90, recebeu esse nome por ter sido uma medida de responsabilidade do então presidente Collor. O objetivo era conter a inflação crescente da época. Até então o reajuste de preços em gondolas de supermercados acontecia diariamente, com inflação, a meta era então conter a alta desenfreada. Inicialmente o plano era chamado de Plano Brasil Novo.

Conhecidos por Plano Collor I e Plano Collor II as medidas sofreram diferentes planos de ações. No Plano Collor I, por exemplo, 80 % dos depósitos que acontecessem no período da noite e que tivessem um valor superior a 50 mil Cruzados Novo, ficavam retidos, congelados, por 18 meses, sem que seu proprietário pudesse realizar qualquer movimentação financeira em sua conta. O plano Collor I também foi responsável pela criação de uma das taxas muito conhecida dos brasileiros hoje em dia o IOF, ou Imposto sobre Operações Financeiras. Mas estes foram apenas alguns pontos do Plano Collor I.

A sequencia do plano, o Plano Collor II incluiu em suas metas o congelamento de preços. Logo que foi implantado o plano ofereceu um rápido resultado de deflação nos preços, mas foi apenas a curto prazo e logo a economia voltou a inflacionar-se.

Muitos brasileiros que possuíam conta bancaria na época sofreram congelamento e até confisco de alguns de seus valores, em caso de cadernetas de poupança

IDEC e Plano Collor

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor possui ações em beneficio dos cidadãos que sofreram algum tipo de perda durante o Plano Collor I e auxilia em ações daqueles que movem processos por perdas durante o Plano Collor II.

O que o IDEC faz é exigir da justiça a restituição de todo valor confiscado a época dos Planos, acrescidos dos valores de correção monetária. O IDEC pede que seja acrescido uma aplicação estrita de 41,28% nos valores a serem pagos, pois acredita serem estes créditos de direito do consumidor. Para saber se você tem esse direito consulte o site do IDEC e verifique as situações de pagamentos a serem requeridos.

 

Se você está insatisfeito com algum tipo de serviço recebido, um atendimento que não resolveu o seu problema ou entrega feita de forma errada, por exemplo, é possível registrar a sua reclamação para todos tenham acesso. Confira informações e o passo a passo de como fazer uma reclamação no Reclame Aqui.

Do que se trata a página Reclame Aqui

O Reclame Aqui é o maior site de reclamações do Brasil
O Reclame Aqui foi criado em 2000

O site Reclame Aqui foi criado no começo de 2000 com o objetivo de ajudar as pessoas a terem voz contra as empresas que prestam serviços insatisfatórios, sendo a maior página dessa categoria em nosso país. Conseguir como fazer uma reclamação no Reclame Aqui é muito fácil, sendo uma ferramenta de utilidade pública que ainda pode ajudar as pessoas a saberem quais são as empresas e categorias que mais geram reclamações.

O site é um espaço aberto para que as próprias marcas possam se pronunciar e ajudar os clientes, possuindo no site ainda um ranking das empresas que mais resolvem os problemas dos consumidores. Nas dicas de como fazer uma reclamação no Reclame Aqui, é importante lembrar que se trata de um serviço totalmente gratuito na Internet.

Como fazer uma reclamação no Reclame Aqui

Antes de saber como fazer uma reclamação no Reclame Aqui, é preciso que o interessado realize o cadastro dentro da página. Acesse a página oficial e clique na opção “Cadastre-se gratuitamente”, presente na parte superior do quadro.

É necessário preencher um formulário com o nome completo, CPF para cadastro único, RG, telefone para contato da empresa, cidade, endereço, além de um e-mail e senha criada para o site. Também é possível fazer o cadastro através da conta do Facebook.

Para reclamar, basta se cadastrar gratuitamente no site

Registrando a sua insatisfação

Depois que conseguir realizar o seu cadastro, o próximo passo de como fazer uma reclamação no Reclame Aqui é clicar na opção “Faça a sua Reclamação”, em seguida o usuário será direcionado para uma página com vários campos. É nessa parte que você deve incluir o nome da empresa pelo qual ficou insatisfeito, categoria e a sua reclamação.

Existem algumas possibilidades do que pode ocorrer depois que você conseguir como fazer uma reclamação no Reclame Aqui: 1° A empresa pode responder e resolver o seu problema; 2° A empresa pode responder e resolver parcialmente o seu problema; 3° A empresa pode responder e não resolver o seu problema; 4° A empresa pode não responder.

Muitas vezes a própria empresa responde a reclamação e resolve o problema do cliente

Como fazer uma reclamação no Reclame Aqui: rankings

Depois de saber como fazer uma reclamação no Reclame Aqui, existem várias ferramentas dentro do site que organizam rankings. Você procura pelas empresas mais reclamadas em cada categoria (banco, telefonia, lojas virtuais) ou ainda pelas mais recentes, por exemplo.

Mas as empresas que ajudam seus clientes também possuem espaço de acordo com o número de insatisfações resolvidas e reputação conquistada na página. Algumas acabam recebendo o Certificado Reclame Aqui 1000.

O certificado RA 1000 é dado a empresas que conquistam uma boa reputação no site

GD Star Rating
loading...
Pesquisar
Artigos Relacionados