HP USB Disk Storage Format Tool

links patrocinados

HP USB Disk Storage Format Tool

HP USB Disk Storage Format Tool

Uma das coisas mais chatas na hora de utilizar um pendrive é observar que ele está com algum tipo de erro que assim não permite que sejam colocado os arquivos desejados. Por isso, é importante ter um bom programa que consiga realização a formatação de qualquer drive no formato USB.

Com o USB Disk Storage Format Tool o usuário tem em mãos uma boa forma para realizar a formatação de um drive USB. Dessa forma, ele conseguir fazer com que o pendrive crie um boot ao inicializar o sistema. Nesse caso, é só ter as informações no pendrive para dar o boot cada acontece uma falha na hora de iniciar o Windows.

Estes tipos de falha podem acontecer quando existe qualquer tipo de erros durante os processos aonde é instalada a parte de iniciação automática das novas versos de um sistema operacional. Outro uso ;e fazer o boot de quando existem vírus impregnados do USB.

Uso USB Disk Storage Format Tool

Dessa forma, os usuários podem utilizar o USB Disk Storage Format Tool em qualquer caso de problema. Basta instalar o software no seu computadores e inserir o pendrive no seu computador. Uma vez com o programa instalado, é só selecionar o dispositovo para a primeira opção.

Como utilizar USB Disk Storage Format Tool

Uma vez com o programa devidamente instalado, basta selecionar todos os arquivos de instalação da sua versão do Windows. Depois é preciso marcar a opção “Criar disco de inicialização DOS” e as devidas pastas que fazem parte do arquivo DOS. Por ultimo, selecione os arquivos do sistema FAT32 e clique em “Start”. A formação será inicializada.

Download USB Disk Storage Format Tool

O USB Disk Storage Format Tool pode ser baixado gratuitamente pelo Baixaki ou demais sites de download de programas. Basta seguir as instruções para download do seus sistema operacional ou do seu navegador.

Preste atenção

Antes de realizar a formação, confira se todos os arquivos que estão no seu pendrive poderão ser excluídos. Uma vez que o drive for formato não será possível realizar a recuperação de tais arquivos.

BGA HP

BGA HP

Sobre a BGA HP

Com o desenvolvimento da tecnologia se dando cada vez mais rápido, alguns produtos parecem até ser descartáveis quando se pensa no quanto são trocados dentro de certo período de tempo. Com o surgimento dos computadores de colo, conhecidos como laptops, cada vez mais é comum encontrar lares com um computador por morador, quando não mais do que isso.

Reconhecimento no mercado

Por esses computadores serem mais baratos que o computador tradicional, conhecido como desktop, eles também são mais baratos. Porém, como acontece com qualquer outro produto, o preço não pode ser base para a referência de qual modelo e qual marca são melhores. Ao mesmo tempo, não é por ser mais caro que determinado modelo é necessariamente melhor.

Uma das marcas que mais de destaca no mercado dos computadores é a Hewlett-Packard, ou simplesmente HP. Quando entrou no mercado dos laptops, a HP era considerada a melhor, por ter mais qualidade na resistência do produto, principalmente na tela do computador.

Enquanto outros quebravam com muita facilidade, os modelos da HP resistiam por mais tempo. Porém, com o passar do tempo foi se verificando a recorrência de um problema que parece atingir somente os produtos da HP. O defeito normalmente é identificado na peça conhecida como BGA – Ball Grid Array.

Identificação do problema

De acordo com especialistas no assunto, o BGA é é um tipo de conexão que é feita entre microchips e ligado diretamente à placa mãe. A solda feita no BGA é diferente daquela usada em outras peças, por conta da temperatura usada para atingir o resultado ideal.

Depois que o chip for encaixado da maneira correta, a solda acontece em uma temperatura de 180 graus. Esse nível é ideal, pois é o suficiente para garantir a solda de fato, mas não é quente demais para derreter outros componentes que também são conectados à placa mãe.

O problema acontece quando começa a apresentar falta de chumbo entre as soldas. Uma vez que isso for percebido, a solução pode ser feita por retrabalho no chip, ou remoção do chip e troca das soldas pelas quais tenham chumbo. Caso nada funcione, a única alternativa seria a troca da própria placa mãe.

Pesquisar
Artigos Relacionados