Guia de Carrerias – Matemática

links patrocinados

Sobre Guia de Carrerias – Matemática

Guia de Carrerias – Matemática

Para quem gosta de números, o curso de matemática continua a ser uma das melhores opções. Embora o caminho mais conhecido para os formados em matemática sejam as salas de aula, o profissional tem um leque amplo de opções após se graduar. É possível atuar, por exemplo, em centros de pesquisa ou empresas, na análise de mercados financeiros.
Contudo, se engana quem pensa que gostar de matemática é suficiente para se dar bem no curso. A graduação em matemática é conhecida pelo seu alto grau de dificuldade. Logo nos primeiros anos, os estudantes são defrontados com disciplinas muito complicadas, como estatística, cálculo e geometria.

O curso

Existem duas modalidades para quem deseja estudar matemática: licenciatura e bacharelado. A primeira é voltada para quem deseja atuar como professor, podendo lecionar em escolas e universidades. Também é possível se dedicar a especializações e trabalhar como pesquisador. As duas áreas não se excluem: é possível lecionar e lidar com a pesquisa simultaneamente.

O curso de bacharelado, por sua vez, tem intenção de formar profissionais para atuação em empresas e outras instituições, que não as de ensino. Na USP, por exemplo, onde está um dos melhores cursos de matemática do país, existem diversas subdivisões para a área, como matemática computacional, métodos matemáticos, matemática com habilitação em ciências biológicas e uma série de outros (a lista completa pode ser acessada no site da instituição).

Graduação em Matemática

Segundo o matemático Andrew Woods, o curso de graduação é bem abrangente e, graças a isso, oferece um bom embasamento para qualquer trabalho que exija raciocínios quantitativos. Andrew explica que a matemática pode abir muitas portas para os profissionais. Ele próprio, por exemplo, é formado pela PUC do Rio, e atua em uma empresa de invetimentos na cidade.

Após a graduação, Andrew fez também um mestrado. De acordo com ele, a especialização não é importante apenas para quem deseja atuar como professor. Qualquer pessoa que queira trabalhar em setores mais específicos deve buscar uma especialização, até mesmo um doutorado.

Caminhos

De acordo com Marco Aurélio Cabral, que atua na Universidade Federal do Rio de Janeiro, o bom profissional deve gostar de desafios intelectuais. Marco explica que há dois grandes campos na matemática: a pura e a aplicada. Na matemática pura, são desenvolvidas teorias que explicam casos gerais. A aplicada, por sua vez, é aquela utilizada na engenharia, na física e em mercados financeiros.

O salário inicial para o graduado em matemática é de R$979. Contudo, aqueles que se especializam passam a ganhar muito mais. Segundo Roberto Imbuzeiro Oliveira, chefe da Sociedade Brasileira de Matemática, um pesquisador com doutorado pode receber algo em torno de R$11 mil como salário inicial. Roberto também é pesquisador do IMPA (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada), onde trabalha com graduação e pós-graduação, além de pesquisa científica.

Quem deseja trabalhar com matemática, especialmente aqueles que se voltam para empresas e mercados financeiros, devem ir além do gosto por números. O bom profissional da área precisa, também, ter bastante interesse por economia, política e até mesmo história.

Fotos

Confira Fotos sobre Guia de Carrerias – Matemática:

Área de atuação Matemática Salário professor de Matemática Profissional Matemático Matemática Guia de Carrerias

Pesquisar
Artigos Relacionados