Guia de Carreiras – Ciência da Computação

links patrocinados

Guia de Carreiras – mercado de trabalho para Ciência da Computação

Guia de Carreiras – Ciência da Computação

A Ciência da Computação. Mercado aquecido no Brasil, porém há carência de profissionais. O bacharel em Ciência da Computação é quem estuda as questões matemáticas e tecnológicas que envolvem esta ciência, e se torna habilitado a atuar nas mais diversas áreas que envolvem a computação. O cientista da computação é o responsável pelo desenvolvimento de programas (software) para fazer o equipamento (hardware) funcionar. Ele é o cara que vai fazer funcionar os aplicativos e programas nos aparelhos eletrônicos de variados fins. A profissão exige na prática que o profissional domine disciplinas exatas, conhecimento eletrônico e o equipamento a ser utilizado.

O mercado no Brasil

Segundo especialistas do assunto e empresários que atuam no ramo o mercado está aquecido no Brasil. Muitos equipamentos tem que ser fabricado no Brasil devido o Governo estar em processo de nacionalização da tecnologia. O problema que o mercado enfrenta é a falta de profissionais capacitados disponíveis para atuar na área. Com isso vários estrangeiros, mais capacitados, são contratados para trabalhar nestes cargos.

O profissional da Ciência da Computação

O cientista da computação tem a opção de atuar em diversas áreas da área. Se suma importância, o embasamento matemático e raciocínio lógico são ferramentas de trabalho do profissional habilitado. Para manter-se bem neste ramo o profissional precisa estar sempre atualizado, checar sempre o que anda acontecendo no mercado, novidades e possíveis tendências que o mundo irá seguir na linha da tecnologia e informática. Ele pode atuar em várias áreas da computação. A integração com as linguagens de programação são aprendidas naturalmente, ao longo do estudo do conteúdo e da frequência de uso no curso. O know-how deste cientista pode ser segmentado também nas áreas como desenvolvimento, manutenção e gerenciamento de empresas de T.I. Este profissional tem que ter aptidão a novas tecnologias, rápido aprendizado para melhor adaptação às novidades do mercado. Dessa forma o cientista da computação trabalha com os aspectos científicos, e também na produção de novas linguagens de programação e novas obras de hardware.

O Curso de Ciência da Computação

O curso de Ciência da Computação te duração de 4 a 5 anos e está na área das ciências exatas.
Esta ciência não se resume a apenas ao estudo dos computadores, estuda também trabalhos práticos no setor. O curso passa por três ciclos: o Básico, Programação e Suporte Técnico. No Ciclo Básico, que também é grade de disciplina do curso de Sistemas de Informação, são conteúdos base que servirão para maior aprofundamento dos ciclos seguintes. Os dois primeiros anos são voltados à matemática, assim como na engenharia. Aqui está um divisor de águas quando se trata de alunos graduandos que largam o curso por não saber que a grade de disciplinas se dedica às exatas. Junto com a matemática, nos primeiros anos é dado início aos conteúdos de desenvolvimento de programação e processamento de dados. Desenvolvem-se o Cliclo Programação e Suporte Técnico. A partir daí o curso volta-se para a área, que abrange os ramos de atividades: banco de dados, redes, servidores, computação gráfica, entre outros.

Fotos

Confira Fotos sobre Guia de Carreiras – Ciência da Computação:

Sobre Guia de Carreiras – Ciência da Computação Guia de Carreiras – atuação em Ciência da Computação Ciência da Computação - Guia de Carreiras Área de atuação Ciência da Computação

Pesquisar
Artigos Relacionados