FIES 2014

links patrocinados

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) é um programa que foi criado pelo Ministério da Educação (MEC), com a finalidade de facilitar o acesso ao ensino superior por meio de um financiamento de 50% a 100% dos. Podem se inscrever no programa apenas estudantes que estejam matriculados em instituições de ensino superior privadas que possuam avaliação positiva nos processos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Para participar do FIES 2014, é preciso que o estudante tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Desde que o programa foi criado, já foram realizados mais de 1,033 milhões de contratos com estudantes que buscaram o Fies como um meio de conseguir ingressar no ensino superior. Em 2013 o FIES obteve a formalização de mais de 423 mil contratos.

De acordo com dados levantados em relação aos cursos superiores que foram mais procurados, os que ficaram em primeiro lugar foram Engenharia, Direito, Administração e Enfermagem. Os contratos contabilizados como formalizados indicam R$ 44 bilhões gastos, sendo que R$ 11 bilhões já foram encaminhados para as instituições que aderiram ao programa. Como foi constatado um grande aumento nas inscrições feitas por conta da maior facilidade em obter o financiamento, o FIES 2014 foi o mais procurado dos últimos anos.

Aditamento Fies

O FIES é um programa do Ministério da Educação
Para participar do FIES, é preciso ter feito o último ENEM

Foi definido um novo prazo para a solicitação do FIES pelo FNDE referente ao primeiro semestre de 2014. Todas as solicitações, tanto de renovação quanto suspensão, transferência, dilatação ou encerramento no Sistema Informatizado do FIES (SISFIES) devem ser feitas pela internet ou pelo site do FIES. Os participantes do programa devem ficar atentos as renovações de contrato que acontecem semestralmente.

Simplificado

Existem dois tipos de aditamento: o simplificado e o não-simplificado. No primeiro os alunos precisam apenas atualizar os dados pessoais e o valor da semestralidade, sem alterar o valor do contrato. É preciso apenas entrar no sistema e fazer o procedimento de alteração de dados. Todas as atualizações feitas no site são avaliadas pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição matriculada. Após o procedimento de validação do CPSA, o aditamento é concluído.

Existem dois tipos de aditamento no FIES: simplificado e não-simplificado

Não-simplificado

O processo não-simplificado acontece quando há alguma alteração mais profunda no contrato, como a troca ou alteração na renda do fiador, mudança no estado civil do estudante ou impacto no valor global. Sendo assim, o sistema gera um documento que precisa ser levado ao banco para que o aditamento seja feito.

As inscrições para o  FIES 2014 devem ser feitas no SisFies durante o ano. O programa é voltado a alunos que estão matriculados em instituições privadas de ensino superior que tenham bons resultados nas avaliações cadastradas no Sinaes.

As inscrições para o FIES ocorrem duas vezes no ano

FIES 2015

As inscrições para o FIES 2015 iniciam no semestre letivo e podem ser feitas pela internet, por meio do site do programa em que são solicitados dados para o cadastro. Assim que há a aprovação do estudante e a conclusão da qualificação, o financiamento pode ser pago após um ano de carência.

É possível fazer a inscrição através do site do FIES

Pesquisar
Artigos Relacionados