Fibromialgia – Sintomas e Tratamento da Fibromialgia

links patrocinados

Fibromialgia - Sintomas e Tratamento da Fibromialgia

Fibromialgia

Sintomas da fibromialgia

A fibromialgia é uma doença crônica que causa dores, indisposição, fadiga e insônia. Por muito tempo a doença foi associada a questões emocionais e, por isso, foi pouco levada a sério. Hoje se sabe que ela é uma forma de reumatismo e que causa muita dor. A fibromialgia envolve músculos, tendões e ligamentos, por isso atrapalha, em muito, a qualidade de vida de quem sofre com a doença. Não se sabe ao certo o que causa a doença, mas fatos isolados podem estimular seu aparecimento, como um acidente ou tombo. Algumas mulheres desenvolvem a fibromialgia após a menopausa, em decorrência das mudanças hormonais. Dores nos braços, nádegas, peito, joelhos, região lombar, pescoço, ombros e coxas são comuns em quem sofre com a doença. A reclamação mais em comum em pacientes é a de dor generalizada. A dor geralmente é aguda.

Exames da fibromialgia

Não existe, hoje, um exame específico para detecção da doença. Geralmente a fibromialgia é descoberta através de exames clínicos e acompanhamento do médico. As dores, quando descartadas outras possibilidade, são o grande indicativo.

Fibromialgia nos bracos

A continuidade da reclamação e o nível da dor também ajudam o médico a dar o diagnóstico. Alguns sintomas, que acompanham a fibromialgia, podem causar confusão, como a depressão, problemas de memória e palpitações. Por isso é necessário que o médico descarte doenças com sintomas similares antes de entrar com o tratamento, pois o diagnóstico é por exclusão.

Tratamento

Sintomas da Fibromialgia

A doença em si é nova e não existe uma forma simples de tratamento e sim um conjunto de tratamentos. A massagem corporal, técnicas de relaxamento (como yoga), fisioterapia e exercícios físicos são indicados por médicos para a diminuição e controle dos sintomas. A doença não tem cura, mas é controlável. Em casos extremos também é possível utilizar relaxantes musculares e antidepressivos. Terapias e grupos de apoio ajudam o paciente a lidar com a doença. A medicina ortomolecular também é usada no tratamento. Alimentação balanceada, boas noites de sono e um peso controlado ajudam no controle. Aconselha-se evitar o consumo de cafeína, álcool e nicotina.

Descriminação

Dores da Fibromialgia

Infelizmente, a fibromialgia ainda é de difícil detecção, o que faz com que o portador da doença passe por muitos exames, médicos e muitas vezes seja desacreditado. Existem alguns grupos de apoio aos doentes, que reúnem pessoas que sofrem com a dor causada pela fibromialgia, trocando ideias sobre tratamentos e sobre a vivência da doença. Não existe uma prevenção a este mal, ainda, pois se sabe pouco dele. Enquanto a medicina não evolui, cabe aos que sofrem com a fibromialgia se ajudar, dando apoio emocional e físico. Sabe-se que a doença causa problemas emocionais, podendo levar a depressão, em decorrência das dores crônicas sofridas pelo paciente. O tratamento neste caso precisa ser psicológico também. O apoio da família é fundamental. Pede-se também que o doente não fique sentado na mesma posição por horas seguidas e tenha lugares confortáveis para trabalhar e estudar, evitando o aumento das crises de dor.

Fibromialgia 2013 Fibromialgia

Pesquisar
Artigos Relacionados