Esportes mais caros de se praticar

links patrocinados

Esportes mais caros de se praticar

As práticas esportivas são essenciais para um funcionamento saudável do corpo humano. Além de ajudar a manter o condicionamento físico, essas atividades previnem doenças e ajudam até no desenvolvimento psíquico das pessoas. Não sendo acessíveis para a maioria das pessoas, algumas modalidades esportivas podem estar na lista dos esportes mais caros de se praticar no Brasil e no mundo.

Esportes mais caros de se praticar: Golfe

Esportes mais caros de se praticar Conheça os Esportes mais caros de se praticar

Golfe é um esporte pouco difundido no Brasil, mas que também possui os seus fãs e representantes profissionais. Ele está inserido na categoria dos esportes mais caros de se praticar e por isso é apreciado quase majoritariamente pelas pessoas com alto poder aquisitivo. O custo começa com o aluguel do campo de golfe, que pode sair bem caro para quem deseja praticar a modalidade frequentemente.

Apesar de parecer um instrumento simples, os tacos utilizados pelos jogadores de golfe também podem custar bastante para os bolsos. Isso acontece porque é preciso um conjunto deles, utilizados em diferentes tipos de terrenos e elevações. Como um dos esportes mais caros de se praticar, o golfe ainda exige roupas especiais e outros acessórios esportivos.

Esportes mais caros de se praticar - saiba mais

Automobilismo e outros esportes com carros

Entre os esportes mais caros de se praticar está o automobilismo. Quem não possui um patrocínio para custear todos os gastos com carros, concertos, peças e equipe terá que tirar de seu bolso o dinheiro. Um carro de corrida possui valores extremamente altos e é por isso que as empresas investem tanto em bons pilotos.

Esportes mais caros de se praticar - quais são

Hipismo, Pólo e Corrida com cavalos

Entre os esportes mais caros de se praticar, Hipismo, Polo e a Corrida com Cavalos são duas modalidades que necessitam que o jogador possua um desses animais. Para fazer boas competições, um bom cavalo desses pode custar bastante caro, com preços que vão muito além dos R$ 50 mil reais. No caso da corrida, o bicho pode ser milionário.

Mas além de adquirir um cavalo, depois vem os custos de manutenção e tratamento do mesmo. Além do animal, os três esportes também exigem diversos equipamentos especiais, como capacetes, uniforme apropriado, celas, obstáculos, botas e no caso do Pólo, os tacos. Outro gasto deste que é um dos esportes mais caros de se praticar é com o campo de treinamento, que também necessita estar preparado para a modalidade escolhida e cujo aluguel ou manutenção pode possuir valores bastante altos. Ainda é necessária uma equipe para tomar conta dos estábulos e do cavalo da competição.

Confira os Esportes mais caros de se praticar

Esportes mais caros de se praticar: Iatismo

As pessoas que desejam praticar o Iatismo somente como lazer terão um gasto bastante alto com um bom barco à vela. Entretanto, aqueles que desejam competir profissionalmente terão custos extras e o iatismo chega a estar entre os esportes mais caros de se praticar. Um bom barco à vela para campeonatos pode sair por alguns milhares de reais.

Quem vai competir sempre quer ter um veleiro que se adapte a seus gostos e jeitos de comandar o barco e é para isso que existe a personalização. Uma equipe profissional que customize ou até que concerte algum estrago ocorrido no barco pode cobrar preços estratosféricos pelo serviço. São essas as características que fazem esse ser um dos esportes mais caros de se praticar.

Pesquisar
Artigos Relacionados