Endometriose – tratamento e sintomas da Endometriose

links patrocinados

endometriose sintomas e tratamento

Endometriose – Sintomas e Tratamento

Sobre a Endometriose – Sintomas e Tratamento

Faz pouco tempo que uma propaganda na TV passou a alertar para um problema pouco diagnosticado nas mulheres: a endometriose. Porém, esta doença é séria e deve ser tratada. Veja como são os sintomas e o que você pode fazer para amenizá-los.

Primeiramente uma explicação rápida do que é a endometriose. O endométrio é um tecido que reveste a parte interna do útero. Quando o ovário produz os hormônios (na época em que a mulher está no período fértil), o endométrio aumenta de tamanho e vai modificando suas características, esperando para receber o embrião que se tornará o futuro bebê.

Quando a concepção não ocorre, desce a menstruação, que provém justamente da descamação do endométrio. E a cólica é um dos sintomas. Confira abaixo mais alguns sintomas da endometriose.

Sintomas da Endometriose

Algumas poucas mulheres acabam não apresentando nenhum sintoma na endometriose. Com a grande maioria isso não acontece. Os sintomas são bem claros – e só não vê quem não quer.

De uma maneira geral, a cólica muito forte é o mais perceptível. A mulher chega a passar dias na cama com muita cólica e dor menstrual. A dor pélvica também é bastante forte.

Outro sintoma que pode ser percebido com o tempo é a dificuldade em engravidar. E se você tiver muita dor durante a relação sexual, também fique alerta.

Tratamento da Endometriose

O tratamento da endometriose não é tão simples e tem o objetivo de aliviar a dor e recuperar a fertilidade. Podem ser utilizados hormônios, cirurgia, ou até mesmo os dois.

A terapia hormonal para a endometriose funciona através da regulação ou bloqueio de hormônios que controlam o ciclo menstrual. Em termos mais simples, o endométrio incha menos durante o período fértil e dói menos para a mulher. São utilizados medicamentos injetáveis com duração de seis meses ou pílulas anticoncepcionais.

Já a cirurgia para endometriose pode ser bem simples, como uma laparoscopia, ou ter um procedimento mais complicado, removendo todos os órgãos do aparelho reprodutor. Quem vai avalia a situação da paciente é apenas o médico.

Sintomas Estresse

Sintomas Estresse

Quem nunca sentiu-se cansado, sem ânimo, com dores pelo corpo? Esses sintomas são comuns no dia-a-dia, principalmente das cidades grandes. É claro que, independente do lugar onde se mora, o fator principal é a quantidade de obrigações no dia a dia. Mas, cuidado: esses sintomas podem ser de estresse.

Possíveis sintomas

O estresse é um conjunto de reações que desequilibram nosso estado emocional, psicológico e físico. E a reação a ele é uma atitude biológica, ou seja, todos precisamos adaptar-nos às situações novas que aparecem todos os dias. Muitas vezes, quando entramos na fase da vida em que temos prazos e responsabilidades, não sabemos como lidar com a situação e o corpo acaba reagindo por si próprio.

Os sintomas mais comuns do estresse são dor no estômago, tensão muscular, insônia, taquicardia, agitação, problemas de memória e mal-estar generalizado. Antes de se auto-diagnosticar, a pessoa que se sente assim deve sempre lembrar que esses sintomas isolados podem ter outro significado.

Para resolver esse problema, tão comum, é necessário fazer coisas agradáveis, atividades de lazer e tirar um tempo para si mesmo. Com pequenos cuidados e mudanças na atitude, podemos todos melhorar e ter uma qualidade de vida mais saudável. Quando se pensa na solução para esse problema, resolver o mal estar é muito mais fácil.

Condições variáveis

Da mesma maneira como acontece com outras doenças, no sentido da imunidade e da facilidade de contrair alguma virose ou infecção, o estresse depende muito da maneira como cada pessoa lida com as suas obrigações. Ao contrário do que muitos pensam, essa condição não está ligada somente ao trabalho, mas à vida familiar também.

Afinal, não tem como separar um sentimento do outro. Enquanto um ponto das nossas vidas está para baixo, o outro acaba afundando junto. Por isso, é importante dar a atenção necessária aos problemas que aparecem para que eles não atrapalhem ainda mais o dia a dia.

Caso seja necessário, a pessoa que se sente estressada pode buscar por auxílio psicológico antes de recorrer a tratamentos com remédios químicos. Antes de intoxicar o organismo pode ser mais fácil resolver os problemas com uma avaliação do estilo de vida e mudanças necessárias para levar melhor o dia.

Pesquisar
Artigos Relacionados