Eletropaulo

links patrocinados

Eletropaulo

Eletropaulo

A evolução da eletricidade se deu a partir de um pedaço de âmbar, no qual Tales de Mileto ao esfregá-lo num pedacinho de lã de carneiro notou que um atraia o outro. A partir daí, muitas pesquisas foram realizadas e a eletricidade passou a ser utilizada para os fins de atualmente. Sem ela, não seria possível conservar os alimentos uma vez que é dentro das geladeiras que funcionam com a eletricidade que eles se conservam, não seria possível mover os automóveis, acender as lâmpadas, tomar banho quente, usar o computador e mais uma infinidade de coisas. Porém, muitas vezes não se nota quem fornece toda essa energia para acender a lâmpada, tomar banho quente, ligar o computador, etc.

Esta energia toda é transmitida através de cabos e esses cabos levam até as hidrelétricas que são mantidas através de rios, porém quem mantém as empresas que geram energia? Em parte estas empresas são mantidas através de fontes do Governo Federal ou Estadual em outra parte são mantidas através de empresas privadas, uma delas foi a Eletropaulo que era mantida por empresas estatais, esta empresa foi responsável pela distribuição de energia para regiões da cidade de São Paulo e em parte da região metropolitana.

História da Eletropaulo

Servicos da Eletropaulo

A Eletropaulo surgiu em 1899, com a compra da Light São Paulo – São Paulo Tramway, Light and Power Company, esta empresa pertencia ao Canadá e era responsável por transmitir energia para toda a cidade de São Paulo e nos arredores, transformando-a numa empresa estatal. Durante as décadas de 80 e 90 a Eletropaulo foi uma das maiores empresas estatais, geradoras de energia do estado de São Paulo e maior distribuidora de energia do Globo, possuindo mais de 20 mil funcionários.

Privatização

Eletropaulo 2013

Após a eleição do governador Mario Covas, ele resolveu criar um projeto no qual privatizaria algumas empresas paulistas e também trechos de rodovias e ferrovias e a partir de 1995 começam as negociações para privatizar a Eletropaulo. Devido ao seu tamanho e a sua infra-estrutura achou-se cabível que a privatização da Eletropaulo se desse a partir de blocos, que foram divididos em: Eletropaulo Metropolitana, Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), Empresa Bandeirante de Energia e Empresa Paulista de Transmissão de Energia.

Destas foram privatizadas a Eletropaulo Metropolitana que era considerada a mais rentável, se tornando a partir de 1999, AES Eletropaulo, a Empresa Bandeirante de Energia que agora se chama Bandeirante Energia, privatizada no mesmo ano e por fim, a Empresa Paulista de Transmissão de Energia que mudou para Transmissão Paulista, sendo privatizada em 2006, a empresa EMAE continua sob capital estatal.

Atualmente

Eletropaulo Companhia de energia

Hoje em dia o nome Eletropaulo foi substituído por AES Eletropaulo e desde 1999 a empresa não é mais uma empresa estatal, pertencendo a uma empresa americana que se denominava AES Corporation. A compra da Eletropaulo se deu Abril de 1998, através de um leilão que foi formado por algumas empresas de origem americana, francesa e até de uma empresa brasileira, porém a partir de 2001 a posse da Eletropaulo se deu apenas pela empresa AES, tornando o nome da atual da empresa de energia AES Eletropaulo, algumas instalações e placas ainda detém somente o nome Eletropaulo e o site da empresa também não mudou, embora na abertura da página apareçam as siglas AES na frente do nome.

Alguns clientes mais antigos ainda se referem à AES Eletropaulo somente como Eletropaulo, talvez porque o nome Eletropaulo ainda permanece na grafia.

Empresa estatal Eletropaulo Clientes Eletropaulo

Pesquisar
Artigos Relacionados