Dogue Alemão: comportamento e preço do filhote

links patrocinados

Dogue Alemão: comportamento e preço do filhote

O Dogue Alemão é uma das maiores raças de cães que existe. Suas origens são um pouco controversas. Apesar do nome, há a possibilidade de que o cão tenha se desenvolvido na Grã-Bretanha, e não na Alemanha, ao longo de séculos. A versão alemã da história, por sua vez, diz que o Dogue Alemão surgiu a partir da mistura de diversas raças, como o Bullenbeisser e os Hatz und Saurüden, cães utilizados para caçar javalis. Inicialmente, o Dogue Alemão não era considerado uma raça, por isso foi utilizado o termo genérico “dog”. Isso perdurou até 1878, quando um grupo de criadores definiu os padrões da nova raça e batizou-a de Deutsche Doggen. Há várias outras versões da história, o que torna difícil afirmar com precisão quando e onde o Dogue Alemão de fato surgiu.

Comportamento do Dogue Alemão

Dogue Alemão: comportamento e preço do filhote Dogue Alemão

Primeira coisa que chama a atenção em um Dogue Alemão é seu porte. O animal é muito grande, mas surpreende pela doçura de seu comportamento. Em muitos lugares, a raça recebe o apelido de “gigante gentil”. Devido às suas proporções e beleza, muitas vezes o cão também é chamado de “Apollo canino”, em referência ao deus grego.

Apesar de seu tamanho, o Dogue Alemão é um cão gracioso, que tem plena consciência de seus 90 centímetros de altura (com as patas no chão). Mesmo com todo esse tamanho, o Dogue Alemão consegue viver em espaços pequenos, até mesmo em apartamentos, desde que passeie com frequência. Quem deseja ter um Dogue Alemão precisa ter a consciência de que esta é uma raça muito dependente dos humanos.

Uma das piores coisas que podem ser feitas a um Dogue Alemão é prendê-lo em uma corrente ou deixá-lo confinado em um canil. O Dogue Alemão precisa estar constantemente perto dos membros da família. Por isso, é ideal que ele possa entrar em casa ou, pelo menos, ficar em uma área externa que tenha muito trânsito de pessoas.

Dogue Alemão: comportamento

Os filhotes de Dogue Alemão

Filhotes de cães são conhecidos por destruir tudo que encontram pela frente. Isso também acontecerá com um filhote de Dogue Alemão, mas em uma escala muito menor. Curiosamente, os filhotes da raça são geralmente mais calmos, e se satisfazem com seus brinquedos e a atenção de humanos, sem destruir móveis e tapetes. Outra característica marcante do Dogue Alemão, tanto em relação aos filhotes como já na fase adulta, é a limpeza e higiene. Este é um cão naturalmente asseado e, graças a seu pelo curto, demanda pouquíssimos cuidados com escovação e banhos.

Dogue Alemão: preço do filhote

Preço dos filhotes

Se você quer ter um Dogue Alemão em casa, os filhotes da raça no Brasil têm um preço médio de R$1 mil, com pedigree. É de extrema importância que o filhote seja adquirido junto a criadores reconhecidos. Geralmente, é possível encontrar informações sobre o criador na internet.

Dogue Alemão: cuidados

Importante

Os criadores recriminam a compra de filhotes em pet shops e casas agropecuárias, pois muitas vezes estes animais vêm de locais que dão pouca importância ao bem-estar das fêmeas. Para ter certeza de que a matriz é bem cuidada, o ideal é visitar o canil onde você pretende adquirir seu filhote.

Pesquisar
Artigos Relacionados