Dieta mediterrânea: vantagens e como fazer

links patrocinados

Dieta mediterrânea: vantagens e como fazer

Dieta mediterrânea: vantagens e como fazer

Sendo característico de alguns países da região do mar Mediterrâneo como a Grécia, Espanha, Portugal, Itália, França e vários outros países desta região a Dieta Mediterrânea, ou também conhecida por Dieta do Mediterrâneo, consiste em uma rotina alimentar rica em: verduras, saladas, algumas frutas e também frutas secas, azeite de oliva, massas e como a principal base da dieta é o consumo de peixes, produtos provenientes do leite, ovos, aves, carnes vermelhas e o melhor da dieta que são o consumo moderadas quantidades de vinho.

Vantagens da Dieta Mediterrânea

A dieta pode diminuir o risco de câncer, retardar os danos ao cérebro causados pelo envelhecimento, proteger o coração contra infartos, defender a pele contra agressões causadas pelo sol e aumentar assim a longevidade. De acordo com uma pesquisa feita em países da região Mediterrânea, a combinação da dieta seguida corretamente e atividades físicas regulares aumentam a expectativa de vida provendo todos os efeitos já citados.

Benefícios da dieta mediterrânea

Os benefícios de cada alimento da Dieta Mediterrânea

Primeiramente vou começar com a base da Dieta Mediterrânea que é o consumo de peixes que são ricos em ômega 3 e ácidos graxos, estes que por sua vez atuam para reduzir o aparecimento de doenças como aterosclerose, doenças que atingem o coração, câncer e hipertensão. O vinho possui uma alta quantidade de antioxidantes, evitando a formação de gordura no sangue, acabando por evitar doenças relacionadas ao coração. As frutas por sua vez, contêm uma boa quantidade de fibras e antioxidantes que podem prevenir cânceres. Os cereais que constam na dieta fornecem muita energia ao corpo, fazendo que a pessoa sinta-se mais disposta para as atividades do dia-a-dia. Os legumes são umas das principais fontes de proteínas e fibras para o organismo e com isso diminuem o nível do mau colesterol (LDL). E por ultimo, mas não menos importante, o azeite de oliva é rico em antioxidantes e ácido graxo monoinsaturado, fazendo que a taxa do bom colesterol (HDL) aumente, visando o bom funcionamento do coração, porém o ideal é consumi-lo diariamente em saladas, peixes ou carnes assadas.

Receita de uma refeição da Dieta Mediterrânea

Uma receita simples e muito deliciosa da Dieta Mediterrânea são lombinhos de salmão com bacon. Os ingredientes são: 4 lombinhos de salmão; 4 fatias de bacon; 1 lata cogumelos laminados; 1 colher de chá de mostarda; azeite a gosto; farinha para polvilhar e salsa picada. O modo de preparo é bem fácil basta cortar os lombinhos de salmão ao meio, fritar ligeiramente as fatias de bacon, logo após você deve unir os lombinhos dois a dois utilizando uma fatia de bacon para isso, então você deve temperar os lombinhos de salmão com sal e pimenta a gosto e passe-os na farinha.

Dieta mediterrânea
Fazendo isso você deve levá-los a frigideira, após fritá-los utilizando a gordura que ficou na frigideira e misture os cogumelos e a mostarda. Coloque o molho de cogumelos em cima dos lombinhos e voilà, está pronto para servir esta iguaria do mediterrâneo.

Outras informações da Dieta do Mediterrâneo

Como toda dieta deve ser supervisionada por um nutricionista e acompanhada de exercícios físicos regularmente.
E caso qualquer problema de saúde você apresentar durante a dieta, pare imediatamente e consulte um médico.

Alimentos da dieta mediterrânea Vantagens da dieta mediterrânea

Pesquisar
Artigos Relacionados