Dicas de alimentos que fazem bem para a memória

links patrocinados

Dicas de alimentos que fazem bem para a memória

Algumas pequenas mudanças no cardápio do dia a dia podem ajudar na diminuição do envelhecimento cerebral, a nos mantermos mais concentrados e a melhorar a memória. Alguns alimentos combinados pode combater e prevenir até mesmo algumas doenças degenerativas, como por exemplo o Mal de Alzheimer, que ataca idosos e o mal de Parkinson.
Outra dica bem importante, é nunca pular nenhuma refeição, porque isso pode comprometer o desempenho do cérebro pela falta de glicose no sangue. O ideal é fazermos refeições de 3 em 3 horas, o que dá uma média de 5 por dia.

Nutrientes

Dicas de alimentos que fazem bem para a memória Alimentos que são bons para a mémoria

Falta de glicose pode comprometer a atenção, o raciocínio e a concentração, além de ser a principal fonte de energia para o perfeito funcionamento dos neurônios cerebrais.
A glicose pode ser encontrada em legumes, frutas e em cereais integrais.
Já o zinco possui ação anti-inflamatória e ajuda na concentração e na memória. Esta substância pode ser encontrada em ostras, ovos, caranguejo, carnes vermelhas, fígado e laticínios.

Alimentos que fazem bem para a memória

Conheça mais Dicas de alimentos que fazem bem para a memória

Já o selênio ajuda na produção de substâncias fundamentais para a transmissão de mensagens entre neurônios e no bom funcionamento cerebral, como a serotonina, acetilcolina e a dopamina. Ele pode ser encontrado em frutos do mar, nozes, na castanha do pará, abacate, grãos, carne, alho e avelãs.
Já o ferro ajuda no fornecimento de oxigênio para os tecidos, evitando a perda de memória, a fadiga, perda de atenção, apatia e na diminuição da concentração. Ele pode ser encontrado em carnes vermelhas, agrião, cheiro verde, feijão, couve, fava, lentilha, grãos enriquecidos e integrais, grão de bico e ervilha.

Nutrientes dos alimentos

Os vilões para a memória

Evite alimentos com açúcar. Embora ele forneça energia rapidamente, ele eleva a taxa de insulina no sangue, gerando reações químicas que acometem as células cerebrais.
Já as carnes estimulam a produção de substâncias tóxicas para os neurônios. O perigo aumenta se ela não tiver a taxa adequada de vitaminas do complexo B. Altas taxas aumentam o risco para doenças de coração e também para o cérebro, além de constituírem fator de risco para doenças como Parkinson e Alzheimer.
Já o álcool, além de causa um déficit temporário de memória, aprendizado e atenção, ele pode levar à morte de neurônios e também prejudicar a elaboração de novas células cerebrais.
Já os alimentos com gordura saturada, sobretudo as do tipo trans são maléficas para o cérebro e também para o coração.

Conheça as Dicas de alimentos que fazem bem para a memória

Outras atitudes que fazem bem para a memória

Fora uma alimentação saudável, outros cuidados devem ser tomados.
Nunca se esqueça de medir a sua pressão arterial, a taxa de açúcar no sangue e a taxa de colesterol. Evite ingerir alimentos de origem duvidosa e circular por locais poluídos, sobretudo em horários de pico.
Pratique sempre exercícios físicos e controle o estresse do dia a dia. O cortisol, hormônio liberado em situações de tensão e de estresse, prejudica o aprendizado e a memória.
Cultive sempre relacionamentos sociais, condição essencial para o bem-estar.
Mantenha sempre seu cérebro em exercício. Leia bastante. Uma ótima opção é fazer palavras cruzadas.
E principalmente, viva com paixão para alcançar seus objetivos pessoais.

Pesquisar
Artigos Relacionados