Depilação a Laser

links patrocinados

Depilação a Laser

Depilação a Laser

Sobre a Depilação a Laser

Para quem detesta passar pelas sessões de depilação, vale a pena tentar a depilação a laser, também chamada de definitiva. Em poucas semanas sua pele ficará lisinha e as torturas semanais acabarão.

A depilação a laser também é conhecida por definitiva porque destrói o pelo. Claro que podem aparecer pelos novos nos locais que passaram pelo tratamento. Mas isso após um ano, pelo menos. E só ocorre porque novos folículos podem amadurecer. Ou seja, o tratamento é eficaz mesmo!

Como funciona a Depilação a Laser

A depilação a laser funciona da seguinte maneira: o laser é atraído pela cor do pelo. Quanto mais escuro, melhor. Mas quem tem pelos clarinhos pode fazer mesmo assim. Durante as sessões, os pelos vão sendo destruídos e após cinco ou seis semanas todos eles terão sumido.

Esse número de semanas é necessário porque o pelo afetado pelo laser é apenas aquele que está em fase de crescimento. E alguns poros podem ser afetados, mas não destruídos. Com as várias sessões, é inevitável que todos os pelos tenham acabado.

Depilação a Laser – Recomendações

É recomendável que enquanto estiver em tratamento, a paciente não tome sol, para que não manche a pele. O local que recebeu a irradiação do laser costuma ficar vermelho e irritadiço, sensação que passa após algumas horas. E é também indicado que não seja feita a depilação durante quatro ou seis semanas antes e durante as sessões, a não ser que você se depile com lâmina ou creme depilatório, para não destruir a estrutura do pelo.

Depilação Definitiva

Depilação Definitiva

Sobre a Depilação Definitiva

Fim dos pelos? Esse é o sonho de consumo de 10 entre 10 mulheres. A depilação convencional é uma luta que não tem fim, um a guerra que não cessa. Você depila hoje, dependendo do seu pelo e do lugar em que retirou os fios, em 3, 5 ou 10 dias os malditos estão nascendo novamente. A sensação é de que ficaremos sempre presas nesse círculo vicioso.

Por isso, a depilação definitiva surgiu como um aliado da mulher moderna. Com sessões que variam de cinco a dez, as mulheres podem se ver livres desses inimigos. Mas, claro, existem alguns cuidados a serem tomados.

Mito e precauções

As pessoas usam o termo definitiva, no entanto, a depilação a laser ou com luz pulsada não é exatamente definitiva. Isso porque é necessário fazer a manutenção periódica (todos os anos ou de dois em dois anos) da depilação e também porque os pelos do corpo fazer parte de um ciclo, assim, de tempos em tempos os poros podem sofrer modificações e, por vezes, alguns pelos podem voltar a crescer.

Para quem já tem planos de fazer a depilação definitiva, vai uma dica preciosa: fique longe do sol! Pelo menos duas semanas antes do início do tratamento e seis semanas após o término, o sol deve ser evitado totalmente.

Na realidade, o principal cuidado que as pessoas devem ter ao se interessar pela depilação é procurar um dermatologista de confiança. Os tratamentos dessa natureza só podem ser realizados por médicos dermatologistas formados.

Luz Intensa Pulsada

Esse tratamento de depilação definitiva é menos invasivo e elimina os pelos de forma rápida e segura. A luz pulsada “queima” a melanina (componente fundamental do pelo) e aos poucos vai enfraquecendo os folículos. Assim, o crescimento dos pelos é inibido de forma progressiva.

Essa técnica apresenta bons resultados com a realização de 4 a 8 sessões e pode ser aplicada tanto em homens quanto em mulheres. Porém, tudo depende das características da pele e dos pelos. Diâmetro, cor, espessura e tempo crescimento do pelo podem influir no tempo total do tratamento.

Lembrando que esse não é um método indicado para que tem a pele negra, por conta da ação contra a melanina (componente presente na pele).

Pesquisar
Artigos Relacionados