Como escolher o protetor solar

links patrocinados

Como escolher o protetor solar

A importância da proteção da pele

A pele é o maior órgão do corpo humano. Sim, a pele é um órgão. E ela é a que fica mais exposta aos efeitos atmosféricos e da luz do Sol. O frio, a chuva, o vento, o calor, tudo isos pode afetar a pele de forma benéfica ou maléfica, dependendo da intensidade com que recebe estes fatores.

Proteger a pele é a principal forma de evitar o envelhecimento dela. Para isso existem os cremes hidratantes, os esfoliantes e os protetores solares. Os protetores solares são utilizados para que a pessoa se proteja dos efeitos dos raios ultravioletas UVA e UVB do Sol. Cada pessoa tem um tipo de pele e é necessário saber como escolher o protetor solar para que o efeito de proteção seja realmente efetivo.

Como escolher o protetor solar baseado no fototipo

Como escolher o protetor solar Protetor solar

Cada pessoa pertence a um fototipo. São quatro fototipos que classificam a pele das pessoas, sendo o fototipo IV o mais protegido e o fototipo I o mais frágil. Quer dizer que a pessoa pertencente ao fototipo I (geralmente pessoas de pele muito clara, cabelos ruivos e olhos azuis) precisa utilizar o protetor solar de FPS, no mínimo, 30. O nível exigido de FPS vai baixando à medida que o fototipo aumenta. Assim, pessoas do fototipo IV (geralmente pessoas de pele mais escura, cabelos também escuros e olhos castanhos) podem utilizar protetores solares de FPS mais baixo.

Saiba como escolher o protetor solar

Diferença entre FPS e PPD

É importante saber como escolher o protetor solar por seu fator FPS e pelo PPD. O PPD é o fator que mede a proteção aos raios UVA do Sol. Já o FPS é o fator que mede a proteção contra os raios UVB, os mais perigosos. Mesmo assim, o índice mínimo recomendado do fator PPD para todos os casos é de 30.
Todos os protetores devem ter a indicação do fator FPS e do PPD no rótulo e você precisa estar atento a essa informação.

Confira Como escolher o protetor solar

Como escolher o protetor solar pela forma de aplicação

Existem protetores em vários formatos: creme, gel, spray, entre outros. É importante em primeiro lugar saber a composição química do protetor, já que alguns possuem agentes antioxidantes que ajudam a melhorar a saúde da pele além de protegê-la.
Assim, se você possui uma pele mais oleosa, o ideal é usar o protetor em forma de gel. Se você tem uma pele mais ressecada, utilize o formato de creme. Ao utilizar os sprays, aplique em abundância. Geralmente os protetores em spray não são muito procurados, pois não rendem tanto quanto os demais e os preços não são muito atrativos.

Como escolher o protetor solar - saiba mais

Protetor ou bronzeador?

Muitas pessoas querem ter um corpo bronzeado durante o verão, já que em muitos lugares o frio é constante e a estação mais quente do ano é um convite para pegar aquela cor. Por isso abusam dos bronzeadores e esquecem um pouco do cuidado da pele.
Atualmente há muitos bronzeadores que possuem boas quantidades de protetor em sua composição. Mas se você comprou um bronzeador que não possui, fique atento à proteção de sua pele. Além de perigosos, alguns danos do Sol podem ser irreversíveis. Não dê bobeira e ande sempre protegido, mesmo na sombra.

Pesquisar
Artigos Relacionados