Cesgranrio Bacen

links patrocinados

Cesgranrio Bacen

No dia 12 de outubro de 1971, com a união entre 12 universidades, nasceu a Fundação CESGRANRIO ou Centro de Seleção de Candidatos ao Ensino Superior do Grande Rio. A instituição formou-se a partir de um convênio com o Ministério da Educação e Cultura, sendo que o Diretor de Departamento de Assuntos Universitários no MEC era o professor Newton Lins Buarque Sucupira e o ministro, o senador Jarbas Passarinho.

Inovação na aplicação de exames

Como tentativa de inovar os processos seletivos para a entrada de novos universitários em instituições, principalmente públicas, o professor Carlos Alberto Serpa de Oliveira, à frente da CESGRANRIO nos primeiros anos, e outros educadores decidiram implantar um projeto-piloto. O primeiro vestibular unificado no Grande Rio foi feito pelo Centro no ano de 1972, obtendo sucesso tanto nesse ano quanto no ano seguinte, em 1973.

Devido o grande êxito, as instituições participantes do Convênio CESGRANRIO pediram ao Ministério da Educação a criação de uma fundação particular, que se dedicasse apenas à formação de provas para os vestibulares de acesso ao Ensino Superior brasileiro. Foi dessa maneira que surgiu o Centro de Seleção de Candidatos ao Ensino Superior do Grande Rio, no dia quatro de janeiro de 1973.

Reconhecimento nacional

Em agosto de 1985, a partir do Decreto-Lei nº 91.526 expedido pelo Presidente da República, a CESGRANRIO foi reconhecida como Entidade de Utilidade Pública Federal e através do Decreto nº 770 de 24/06/76, todos os anos, o título de Entidade Pública Estadual é renovado pelo Secretário de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. A Fundação sempre promove debates e pesquisas acadêmicas, culturais e socioeconômicas, além de patrocinar, por meio de simpósios e congressos, a união entre os cientistas, professores, alunos e entidades que se propõem a incentivar o avanço científico, tecnológico e cultural brasileiro.

Concursos aplicados pela CESGRANRIO

Todos os anos, a CESGRANRIO é chamada para colaborar com a elaboração de provas de vários exames federais, estaduais e municipais. Um dos mais aplicados pela Fundação, somando um milhão de inscritos, é o concurso público para selecionar recenseadores para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Outras provas aplicadas pela Fundação são o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), a Avaliação Nacional de Rendimento Escolar (ANRESC) e o Exame Nacional para Certificação de Competências para Jovens e Adultos (ENCCEJA).

A CESGRANRIO também aplica o concurso do Banco Central (BACEN). Todos os anos muitas vagas de técnico e analista são disputadas por vários candidatos de todo o país. Este ano ainda não foi divulgado o número de vagas, porém é possível que os ‘bichos’ que passarem na prova ganharão salários que irão de R$ 4.896,25 a R$ 12.413,56 para profissionais graduados no ensino superior. Para os interessados no concurso do BACEN, talvez seja a hora de começar os estudos, pois, provavelmente as inscrições poderão ser feitas no mês de dezembro.

Centro de agilidade e competência

Além de ser uma instituição muito experiente, a CESGRANRIO também preza pela agilidade, por isso dispõe de um Centro de Processamento de Dados, que está sempre atualizado, podendo entregar o resultado de qualquer prova em menos de duas semanas, até a do BACEN. Para mais informações sobre as inscrições, editais e provas antigas do concurso do Banco Central e outros exames, basta acessar o site da Fundação.

Fotos

Confira Fotos da Cesgranrio Bacen:

Cesgranrio BacenCesgranrio Bacen
Os concursos do Banco Central são realizados pela CesgranrioOs concursos do Banco Central são realizados pela Cesgranrio
Concursos públicosConcursos públicos

Pesquisar
Artigos Relacionados