Búzios Rio de Janeiro

links patrocinados

Búzios Rio de Janeiro

Búzios Rio de Janeiro

Provido de belezas naturais que atraem grande público interessado em turismo, o Brasil tem diversas localidades que podem ser exploradas positivamente para o desenvolvimento do país. Pela sorte de ter sido uma localidade com fauna e flora abundante, também pelo clima que favorece o desenvolvimento das mesmas, a natureza é um dos principais atrativos do país.

Histórico da cidade

Assim, o mercado turístico deixa de ser uma opção que só chama a atenção dos estrangeiros. Os próprios brasileiros podem aproveitar daquilo que o nosso país tem a nos oferecer. Com isso, as empresas turísticas tentam providenciar os melhores pacotes e as melhores oportunidades aos turistas.

Um dos destinos mais procurados é o município de Búzios, dentro do estado do Rio de Janeiro. Desde a época quando viviam tribos indígenas na região, o lugar era conhecido por ser rico em pesca, caça e plantio de mandioca e milho. Assim, desde os primórdios da civilização no país o município já prestava sua utilidade.

Antes da consciência ecológica acerca das consequências que a pesca e a caça desenfreadas poderiam levar aos humanos, um dos animais mais capturados no local era a baleia. Por ser fonte de extração de óleo, o animal era muito procurado para fins econômicos da comunidade e de uso da comunidade local.

Passeios em Búzios

Atualmente, o lucro obtido pelo município não pode mais ser relacionado à caça de animais em extinção, mas pode ser aproveitado pelo uso do turismo da localidade. Por ser uma região com praias famosas, balneário com ilhas e outros atrativos naturais.

Por conta da natureza marítima, as possibilidades do turismo incluem fazer mergulhos, tanto o autônomo quanto o snorkeling. Para os especialistas nas oportunidades que búzios oferece aos turistas, entrar em contato com a natureza é praticamente uma atividade obrigatória para quem decide passar parte das suas férias na cidade.

Além disso, passeios terrestres também são muito interessantes para quem ainda não conhece o lugar. Existem áreas em proteção ambiental e refúgios ecológicos, onde é possível conhecer espécies de animais que muitas vezes só podem ser vistos em zoológicos. Assim, quem tem a oportunidade de conhecer a cidade Búzios pode aproveitar atividades difíceis de serem encontradas em outros lugares.

 

Arraial do Cabo

Arraial do Cabo

Conhecida como a capital do mergulho, a cidade de Arraial do Cabo, no litoral do Rio de Janeiro, possui pouco mais de 25 mil habitantes e um litoral formado por belíssimas paisagens, visual típico da Região dos Lagos, onde a cidade está localizada.

História

Os registros históricos mostram que as primeiras pessoas que chegaram à região do Arraial do Cabo foram povos nômades, há cerca de cinco mil anos. Estes grupos viviam no alto dos morros e desciam à região da praia somente para caçar pequenos animais.

Quando os portugueses chegaram à região, ela era habitada por índios tamoios. Ali foi construída a primeira feitoria (entreposto comercial) do Brasil. Não se sabe, exatamente, se essa feitoria se localizava exatamente em Arraial do Cabo ou em Cabo Frio, cidade da qual o Arraial fez parte até 1985.

A região foi, por muitas décadas, uma vila de pescadores. Entretanto, a partir de 1943, quando ali foi instalada uma sede da Companhia Nacional de Álcalis – empresa que produz uma das matérias-primas do vidro – , o Arraial do Cabo começou a crescer e se consolidar na economia da região.

Emancipação

Apesar de ter crescido consideravelmente, o Arraial do Cabo continuava sendo um distrito de Cabo Frio. Isso mudou em maio de 1985, quando Leonel Brizola, então governador do estado, assinou a emancipação do município. Desde então, a capital do mergulho tem experimentado um grande e constante desenvolvimento, atraindo cada vez mais turistas.

O que fazer em Arraial do Cabo

Como já dissemos, a principal atividade em Arraial do Cabo é mergulhar. Com águas cristalinas e uma vida marinha extremamente diversificada, Arraial do Cabo conta com diversos pontos de mergulho, como as ilhas do Farol e dos Porcos.

Entretanto, Arraial do Cabo merece uma visita mesmo se você não curte mergulhar. Os passeios de barco da região, que costumam durar em torno de quatro horas, são muito requisitados pelos turistas, que também fazem questão de acompanham o pôr-do-sol no Pontal do Atalaia, local com 180 metros de altitude, o que permite uma linda vista do horizonte.

Por fim, se você deseja conhecer um pouco mais sobre a história de nosso país, não deixe de visitar a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, construída em 1503, o que faz dela uma das primeiras obras realizadas em solo brasileiro.

Pesquisar
Artigos Relacionados