Boa Forma Dieta Seca Gordura

links patrocinados

Boa Forma Dieta Seca Gordura

Boa Forma Dieta Seca Gordura

Sobre a Boa Forma Dieta Seca Gordura

Existem inúmeras dietas que prometem fazer milagres. Porém, é sempre bom ficar esperta quanto ao procedimento da dieta, pois algumas podem ser prejudiciais à saúde. Por outro lado, algumas são recomendadas até por nutricionistas, que explicam como a pessoa deve proceder e o que deve ingerir para ter resultados satisfatórios.

A dieta seca gordura promete fazer diminuir a barriga logo na primeira semana, se a pessoa seguir corretamente as instruções. Esta dieta foi desenvolvida pelo consultor em nutrição Alfredo Galebe, de São Paulo. O segredo dela é fazer uma combinação de proteínas, carboidratos, e gordura em todas as refeições do dia. Isso ajuda no equilíbrio dos hormônios e na queima de gordura.

A combinação destes produtos, consumidos em porções ideais, desaceleram o índice glicêmico do carboidrato, ou seja, ele leva mais tempo para ser transformado em açúcar e ser absorvido pelo organismo na forma de insulina. Assim, o índice de insulina é mantido equilibrado, o que faz com que o corpo retenha menos gordura.

Se seguida à risca, esta dieta pode fazer com que a pessoa perca até 2 kg em uma semana – e o melhor de tudo é que é na barriga que se obtém os primeiros resultados. O importante é selecionar as proteínas magras, os carboidratos saudáveis e as gorduras boas. Tudo o que for ruim deve ser deixado de lado, como carnes gordas, frituras, manteiga, e etc. (Confira sobre a Boa Forma revista)

O que pode e o que não pode

Dentre os alimentos que podem e devem ser consumidos está o peixe. Além de ele ser uma carne magra, ele é rico em ômega 3, o que colabora na prevenção de derrame e infarto. O frango também pode ser consumido, visto que possui menos gordura saturada. As massas e os pães integrais, a amêndoa, o abacate e o azeite de oliva também são alimentos indicados na dieta.

Agora o que deve ser totalmente evitado são os refrigerantes, bem como todas as bebidas industrializadas, doces em geral, principalmente o chocolate, e salgadinhos de todos os tipos. Tome muita água sem gás e modere nos sucos naturais, pois as frutas possuem muito açúcar.

Sugestão de cardápio

Existem várias sugestões de cardápio. Uma delas é a seguinte: Café da manhã – 1 xícara de leite desnatado (com adoçante), 1 fatia de pão integral light com 2 colheres de sopa de queijo cottage, 1 ovo temperado com 1 colher de chá de azeite, sal e orégano. Para o lanche da manhã e tarde, o indicado neste caso é uma fatia de melão, duas fatias de presunto magro e três amêndoas.

No almoço, devem ser ingeridos 3 colheres de sopa de arroz integral, 1 concha pequena de feijão, 1 filé médio de alcatra grelhado e 1 prato de sobremesa de alface e agrião, temperados com azeite, sal e vinagre. Para o jantar, oito fatias de carpaccio, 3 minitorradas com 2 colheres de azeite e 1 fatia de abacaxi. Se quiser comer alguma coisa antes de dormir, invista em 3 colheres de sopa de abacate.

Pesquisar
Artigos Relacionados