Boa alimentação

Boa Alimentação

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, deixar de comer não emagrece. A explicação para isso é extremamente simples: Se o seu corpo não recebe comida por um longo período, ele começa a entender que ele precisa armazenar tudo o que ele conseguir quando o corpo receber o alimento.

Isso significa que ficar sem comer dá o efeito inverso: o emagrecimento é temporário, já que o organismo tende a acumular tudo ao máximo quando a pessoa ingere alimentos. Mas, se deixar de comer não é a solução para perder peso, o que deve ser feito então?

Orientações para uma vida saudável

A dica é simples e é unanimidade entre os nutricionistas: comer várias vezes ao dia. Mas não vá se animando, não se trata de comer tudo o que quiser várias vezes ao dia. Trata-se de comer pouco.

Comer pouco não significa comer um pedaço pequeno de lasanha ou um ovo frito e um monte de salada. Cada refeição deve conter poucas quantidades de alimentos de diferentes grupos.

Um almoço deve conter uma porção pequena de carboidrato, como arroz ou macarrão, uma fonte de proteína e saladas. Os lanches entre as principais refeições podem ser compostos por iogurtes, frutas e sementes.

Comer de três em três horas acelera o metabolismo. Ele vai estar sempre digerindo a pouca comida que recebe e assim, não precisará armazenar nada desesperadamente. Comer assim emagrece e serve de manutenção para uma boa forma.

Tomar bastante água, evitar frituras e doces, excesso de sal e bebidas alcoólicas são outras dicas importantes. Comer bem precisa ser um hábito e não apenas uma orientação para uma dieta temporária. Preste atenção no seu prato!

Outros hábitos

Mas não é só se comida saudável que o organismo vive! Muita água e exercícios físicos compõem a fórmula básica de como conquistar uma vida saudável. Até porque ambos complementam a boa alimentação.

Ter a saúde dia é conseqüência de hábitos saudáveis. De nada adianta comer bem e não fazer exercício nenhum. Tudo deve ser feito em equilíbrio. Nada de exageros!

Recomendações básicas

Como alguns hábitos são comuns e recorrentes entre quase todos os indivíduos, alguns médicos desenvolveram uma lista de atitudes que normalmente acontecem. Com isso, fica mais fácil de encontrar a informação correta e cada pessoa consegue se monitorar na sua alimentação.

Para contribuir com o conhecimento geral a respeito dessas “regrinhas”, segue abaixo uma lista de erros alimentares que devem ser evitados para ter uma boa alimentação. Caso procure por medidas mais específicas para readequar a sua alimentação, procure sempre um profissional da área e se informe a respeito do cardápio que melhor se enquadra às suas necessidades. Com isso, o indivíduo não corre o risco de sair prejudicado ao invés de beneficiado com a alteração no modo de se alimentar.

Consumo de sal: o uso excessivo de sal nos alimentos pode causar hipertensão e doenças cardiovasculares; Consumo de bebidas alcoólicas: além de causar cirrose e transtornos emocionais, as bebidas alcoólicas são responsáveis pela maioria dos acidentes de trânsito; Consumo de gorduras: as gorduras podem entupir as nossas veias e causar doenças cardiovasculares; Consumo de açúcares: os alimentos e bebidas açucaradas causam, além da obesidade, o diabetes e cárie nos dentes.

GD Star Rating
loading...
Boa alimentação, Nota: 4.6 de 5 com 153 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados