BNE Empregos

links patrocinados

BNE Empregos

BNE Empregos

Sobre o BNE Empregos

Por mais que deixemos uma tarde inteira reservada para a atividade de distribuir currículos pelas cidades e empresas onde se deseja atuar, sempre existe aquela possibilidade de ter esquecido um lugar onde tem uma vaga disponível. Para isso, a internet entra como mais um recurso na hora de procurar por empregos.

Facilidade na busca

Para centralizar a atuação da distribuição de currículos e procura por novos trabalhadores, o Banco Nacional de Empregos (BNE) surge como alternativa para os dois lados. Da mesma maneira como os empregadores reclamam da falta de mão de obra qualificada, a outra ponta diz que não existem vagas suficientes.

Com tudo isso em mente, usar a tecnologia como meio para divulgar a sua experiência profissional pode facilitar muito o processo de conseguir um emprego. Principalmente pela velocidade com a qual é possível enviar centenas de currículos ao mesmo tempo, fica quase impossível deixar alguma empresa de fora das opções de emprego.

Além do próprio currículo, fica mais fácil para o empregador conhecer o perfil do candidato pela internet antes de chegar ao ponto da entrevista. Como em alguns casos é possível colocar nas informações pessoais os perfis utilizados nas redes sociais, pode acontecer alguma análise prévia das preferências que cada um publica na internet.

Como funciona

Para usar o sistema do BNE existem duas possibilidades: uma para quem procura o emprego e outra para quem procura o trabalhador. Assim, dois cadastros podem ser feitos e existem duas seções distintas dentro do site. A primeira opção é a de Buscar Vagas, enquanto a segunda é a de Buscar Currículos.

Primeiramente, a busca é mais abrangente. O interessado pela vaga, por exemplo, completa somente os campos da função desejada e da cidade onde deseja atuar. Depois disso ele pode refinar a sua busca de acordo com os resultados que mais atraírem sua atenção.

Ao mesmo tempo, quem procura pelos currículos precisa completar os mesmos campos, com o diferencial que pode escolher uma palavra chave para refinar mais a primeira busca. Como devem existir mais candidatos do que vagas, os empregadores precisam dessa possibilidade logo no primeiro momento. Assim, o BNE tenta agradar às duas pontas na procura por empregos.

BNE

BNE

Sobre o BNE

Segundo o IBGE, uma pessoa desempregada é aquela que não está trabalhando, está disponível para trabalhar e está tomando alguma providência efetiva para conseguir emprego. A pessoa também deve estar entre a chamada População Economicamente Ativa, que engloba pessoas de idade adulta e em condições saudáveis para exercer alguma atividade remunerada.

De 2002, quando essa metodologia do IBGE passou a ser aplicada, até hoje, somente por duas vezes o Brasil viu sua taxa de desemprego aumentar em relação ao ano anterior – em 2006 e 2009. No geral, o índice de desempregados do país caiu 5,9% neste período, quase a metade dos 12,6% existentes em 2002.

Entretanto, milhões de brasileiros ainda estão à procura do primeiro emprego ou de uma reinserção no mercado de trabalho. Um caminho difícil e cansativo, mas que pode ser facilitado graças à Internet e sua série de possibilidades. Uma delas é o Banco Nacional de Empregos, ou BNE.

Como funciona o BNE

O site do BNE Empregos foi criado para pessoas que estão à procura de trabalho e empregadores que buscam profissionais. No site você pode buscar vagas em suas cidades de preferência e currículos que se encaixem ao perfil de sua empresa. O BNE atua em todo o Brasil.

São quase quatro milhões de currículos enviados para o site até hoje. Quase 70 mil empresas estão cadastradas e utilizam o BNE para procurar profissionais. Mais de 10 mil vagas de trabalho estão abertas, esperando por você.

Cadastre-se no BNE

Fazer parte desta rede é fácil, basta se cadastrar no site. Para fazer isso, clique no link “Entrar” e, em seguida, vá a “Cadastre-se já”. Após preencher seus dados pessoais, o BNE solicita suas funções pretendidas, tempo de experiência – se houver -, formação e cursos, dados complementares e pretensão salarial. Após a conclusão deste formulário você já está incluído nas buscas do Banco Nacional de Empregos.

Se você tiver alguma dúvida, o BNE disponibiliza atendimento online para seus usuários. Também é possível, através do rastreador do site, conferir quem olhou seu perfil ou atualizar seu currículo.

Pesquisar
Artigos Relacionados