BIREME Brasil

links patrocinados

BIREME Brasil

BIREME Brasil

Sobre a BIREME Brasil

A Biblioteca Regional de Medicina (BIREME), que também é conhecido como Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, é um órgão integrante da Organização Pan-Americana da Saúde e da Organização Mundial da Saúde.

O principal objetivo da BIREME é divulgar e disponibilizar informações técnicas e científicas na área de Saúde para quem tenha interesse ou trabalhe nesse campo de conhecimento.

No Brasil, a sede da BIREME foi criada no ano de 1967 e desde então está localizada no campus central da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), resultado de uma parceria da OPAS com o governo do nosso país.

Artigos BIREME Brasil

Para ter acesso aos artigos científicos BIREME, estudos e pesquisas científicas disponíveis na BIREME, é só acessar a página da instituição na internet e realizar sua pesquisa conforme o tema do seu interesse.

Além de ter acesso a diversas fontes de informação, quem entra na página da BIREME na internet também pode saber quais são os próximos eventos de saúde a serem realizados em todo o Brasil e notícias relacionadas ao tema.

Bireme Descritores

Bireme Descritores

Sobre a Bireme Descritores

Os trabalhos científicos na área da saúde estão entre os que requerem mais cuidados no seu desenvolvimento, já que qualquer erro pode ser altamente comprometedor. Nesse ponto, a pesquisa prévia é fundamental para a elaboração de um trabalho de qualidade. Para facilitar o acesso à pesquisa, a BIREME – Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde criou o DeCS – Descritores em Ciências da Saúde.

O DeCS faz parte da Biblioteca Virtual em Saúde, e ele permite que o pesquisador navegue entre registros e fontes de informação organizados em conceitos, que estão disponíveis em inglês, espanhol e português.

O que é o DeCS na Bireme Descritores

O DeCS é um vocabulário criado para servir de linguagem única na indexação de materiais para pesquisa científica da BIREME. No total, o DeCS totaliza 30.895 descritores: 26.225 deles são do MeSH – Medical Subject Headings (um órgão estadunidense), e 4.670 do próprio DeCS.

As informações são divididas por quatro categorias, que são Ciência e Saúde, Homeopatia, Saúde Pública e Vigilância Sanitária. A Saúde Pública é a que tem o maior número de descritores, com 3.491; já a homeopatia possui 1.994, a Ciência e Saúde tem 219 descritoresb e a Vigilância Sanitária 828.

A Bireme Descritores

A BIREME indexa artigos de revistas científicas, anais de congressos, livros, relatórios e outros materiais semelhantes. Tudo isso para facilitar a pesquisa em saúde, para todos os alunos ou pesquisadores.

No site da Biblioteca Virtual em Saúde, da BIREME, além de toda a estrutura citada acima também constam datas de eventos na área, notícias e links para redes sociais como o Twitter da BVS.

A pesquisa no site da BIREME é bem fácil: o banco de dados separa os arquivos por ano, mas também registra as palavras-chave. Alguns dos artigos estão disponíveis na íntegra pela internet, mas os que não estão podem ser encontrados inteiros diretamente na sede da BIREME, na Rua Botucatu, 862 em São Paulo capital.

Bireme Lilacs

Bireme Lilacs

Sobre a Bireme Lilacs

Cada área do conhecimento tem as suas organizações e instituições definidas para adequaram e compartilharam pesquisas e interesses. No caso da área da saúde, uma organização que serve para agrupar os estudos feitos é a Bireme – Biblioteca Regional de Medicina. Assim, a literatura sobre esse setor fica em um só lugar e facilita o acesso.

Funções da Bireme e da Lilacs

A Bireme tem sua sede física no campus central da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), mas também disponibiliza um endereço virtual para visualização dos trabalhos que foram transformados ou produzidos no formato digital.

Além de ser uma biblioteca, a Bireme também é um centro especializado da Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS). Inclusive, a Bireme hoje é mais conhecida como Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde.

Como o próprio nome sugere, essa organização foi criada para ter seus estudos focados nos planejamentos médicos da região latino-americana e do Caribe. Ao fazer estudos sobre esses lugares, a instituição também tem o intuito de contribuir diretamente com o desenvolvimento daquelas sociedades.

Bireme Lilacs

A partir do momento em que se estabeleceu um órgão da Organização Mundial de Saúde para tratar especificamente sobre aquelas regiões, a literatura produzida sobre tais assuntos também ficou especializada. Não só pela tendência natural de agrupar os assuntos em comum, mas para facilitar a busca por esses documentos fica mais simples deixá-los em uma mesma categoria.

Assim, nada mais justo do que atribuir um nome próprio: LILACS – Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde. Essa junção da literatura é também conhecida como índice bibliográfico, que já vem sendo construído desde 1982. No ano de 2009, a Lilacs conseguiu completar 500.000 mil registros da sua bibliografia em diversas publicações.

As publicações foram contabilizadas em um total de 1.500 periódicos distintos das áreas de ciência e saúde. Entre essas pesquisas estão teses, dissertações, monografias, entre todos os outros tipos mais diversos de pesquisas. Ao pensar na quantidade de conteúdos diferentes que foram pesquisados, a colaboração dessas instituições passa a ser para toda a humanidade, sendo que o uso da informação é público e coletivo.

Pesquisar
Artigos Relacionados