Autismo infantil – Tratamento e Sintomas do Autismo infantil

links patrocinados

Autismo infantil - tratamento e sintomas do Autismo infantil

Autismo infantil – Tratamento e Sintomas do Autismo infantil

O Autismo é uma disfunção que altera a capacidade de comunicação, de socialização e de comportamento da pessoa. O problema é conhecido também como TEA que abrange o Autismo, o Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação e a Síndrome de Asperger. São encontradas pessoas com diferentes níveis de Autismo, casos mais leves e outros mais severos.

Em casos mais leves é possível que, ao atingir a vida adulta, a pessoa consiga sucesso profissional e pessoal. O principal para que isso ocorra é o acompanhamento devido de médicos e familiares, além do apoio e carinho dos que o cercam. A ONU escolheu o dia 2 de abril como Dia Mundial de Conscientização do Autismo, já que a doença afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.

Autismo infantil: saiba mais

Causas do Autismo infantil

Alguns sintomas podem ser observados na criança podendo indicar Autismo. São eles: complexidade de relacionamento com outras crianças, pouco ou nenhum contato visual, riso inapropriado, não querer ser tocado, isolamento, modos arredios, girar constantemente objetos, cheirar ou lamber brinquedos, fixação incomum por objetos, extrema inatividade ou hiperatividade, não conseguir aprender através dos métodos normais de ensino, insensibilidade à dor, acesso de raiva, repetir palavras ou frases ao invés de falar normalmente, repetições, resistência à mudanças, agir como se não ouvisse, não demonstrar medo, dificuldade em se expressar, dificuldades motoras ou usar as pessoas como ferramentas. No caso de afinidade a estes sintomas é preciso que a pessoa leve a criança ao médico, para a realização de exames para confirmação ou não da doença.

Sintomas do Autismo Infantil

Tratamento Autismo infantil

A doença ainda é pouco conhecida e suas causas ainda desconhecidas. Sabe-se da influência de alguns fatores no desenvolvimento do Autismo: a influência genética, vírus, toxinas e poluição, desordem metabólica, intolerância imunológica, infecções virais ou grande doses de antibióticos nos primeiros 3 anos da criança.

Algumas doenças possuem relação com o Autismo, pois cerca de 11% a 42% dos indivíduos com a doença sofrem com epilepsia e as convulsões são mais comuns na adolescência. O diagnóstico da criança autista se dá baseado em três critérios distintos: o comprometimento na interação social, na comunicação verbal e não verbal e em comportamento e interesses restritos e repetitivos.

Tratamento do Autismo Infantil

Cuidados com Autismo infantil

O Autismo não tem cura. O que pode ser feito é um acompanhamento que diminuirá os efeitos da doença. Outro aspecto observado também é o nível do Autismo, mais leve ou mais severo. Em crianças, os tratamentos focam no desenvolvimento da fala, da interação social/linguagem, educação especial e no suporte familiar. A expectativa de vida para uma pessoa que sofre com o Autismo é, teoricamente, normal.

O problema é que, a ausência de medo, a agressividade e a dificuldade em obedece colocam a pessoa em situações de risco. O acompanhamento familiar e terapêutico é essencial na melhoria da qualidade de vida de um Autista. O sucesso do tratamento depende tanto do profissional que irá acompanhar o caso como dos estímulos que ele terá em casa, com os familiares.

Doenca Autismo infantil Consequencias do Autismo

Pesquisar
Artigos Relacionados