Asma – Tratamento e Sintomas da Asma

Asma - Tratamento e Sintomas da Asma

Asma: Tratamento e Sintomas

A asma é uma inflamação nos brônquios, que por consequência os torna mais estreitos dificultando as passagens de ar, a asma é crônica e não possui cura, porém utilizando os procedimentos e medicamentos corretos, é possível o asmático ter qualidade de vida. A asma é causada por alguma irritação, sendo agravada quando unida a alguma doença respiratória, poeira, fumaça de cigarro e até pêlos de alguns animais.

O asmático quando numa crise, precisa manter a calma e ter à mão todos os medicamentos prescritos pelo médico, sobretudo os de inalar. As crises podem também ter cunho emocional, sendo agravadas durante alguma situação de estresse ou ansiedade. Não há como prever quando se iniciará uma crise, portanto o doente precisa sempre ter seus medicamentos acessíveis.

Tratamento

Tratamento para asma

O tratamento é basicamente medicamentoso, sendo utilizados três formatos: comprimidos de corticóides para amenizar as inflamações. Os inalados também são de corticóides, porém associados a broncodilatadores que a longo prazo diminuem as crises e amenizam os sintomas da asma e os que devem apenas ser utilizados em emergências, causando alívio imediato, estes agem direto nos brônquios acalmando as crises, porém neste ultimo caso é necessário muito cuidado, porque se for utilizado frequentemente tende a agravar os sintomas e piorar as crises.

Outra alternativa necessária é a de limpar e arejar bem os ambientes, porque os asmáticos possuem o sistema respiratório muito sensível e qualquer pó ou cheiro forte, pode desenvolver algum sintoma associado à asma. Praticar esporte é outra maneira de aliviar os sintomas porque aumenta a capacidade de respiração, os mais recomendados são a natação em água morna e os exercícios de alongamento, porém quando ao praticar exercício físico é necessário prestar atenção ao respirar, esta respiração precisa ser realizada sempre pelo nariz e em ambientes arejados.

Sintomas

Sintomas da Asma

Quando exposto a uma situação que irrite os brônquios o doente pode sentir um mal estar, sobretudo se esta irritação vier acompanhada de constipação ou mesmo uma alergia a pêlo de animal, pó, tabaco ou mesmo ambientes secos. Ao perceber que está num ambiente propício a uma crise, o asmático precisa se manter calmo e notar se uma crise esta por vir.

O principal sintoma de uma crise asmática é a dificuldade em respirar, mas pode se iniciar com um aperto no peito, um chiado e até algumas tosses secas.

Crise de Asma

Ao se agravar, as crises tendem a fazer com que o doente pressione o peito e puxe a respiração de uma forma a se tornar ofegante, quando isso acontece é necessário ter à mão os medicamentos que dilatam os brônquios, a fim do ar voltar a passar com facilidade novamente.

É extremamente importante a todos em volta e principalmente o asmático manterem a calma, porque uma crise de pânico pode agravar ainda mais os sintomas de asma do doente e leva-lo até a um desmaio.

É preciso atentar também com relação a maneira de inalar os medicamentos, porque se eles não forem aspirados de maneira correta, podem permanecer-se na boca ou nariz perdendo a eficácia e não atingindo o objetivo, que é chegar até os brônquios.

Remedio para Asma Crise Asmatica

GD Star Rating
loading...
Asma - Tratamento e Sintomas da Asma, Nota: 4.0 de 5 com 4 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados