Armazenamento na nuvem: o que é e como utilizar

links patrocinados

Armazenamento na nuvem: o que é e como utilizar

A próxima tendência de armazenamento: a nuvem

Os computadores e a internet em larga escala surgiram a pouquíssimo tempo se levarmos em conta a história da humanidade. Porém, desde que as novas tecnologias surgiram, outras mais recentes vem tomando o lugar delas, e assim sucessivamente. O armazenamento de dados, por exemplo, até algum tempo atrás isso era função de poderosos HDs (ou hard disk), que inclusive tem aumentado de capacidade com o tempo.

Porém, uma nova forma de armazenamento de dados vem tomando conta do mercado aos poucos. Trata-se do armazenamento na nuvem. Tudo é muito simples: seus dados ficam armazenados em servidores de internet de empresas como o Google, por exemplo, e você pode acessar estes dados de qualquer lugar, desde que haja uma conexão com a internet. Assim você não precisa ter seus dados salvos num pendrive ou HD.

Como utilizar o armazenamento na nuvem?

Armazenamento na nuvem: o que é e como utilizar Armazenamento na nuvem

Utilizar o armazenamento na nuvem é muito simples e requer poucos passos. Em primeiro lugar é necessário ter uma conta de e-mail da Microsoft (Outlook, Live ou Hotmail), do Google, do Yahoo, enfim, uma conta de e-mail qualquer. Dentro desta conta de e-mail há um serviço de armazenamento na nuvem. Por exemplo: o Google possui o serviço Drive, que é o local onde tudo fica armazenado, desde arquivos de textos, planilhas, fotos, músicas, enfim, tudo.

Além desta forma, há sites feitos somente para isso. Amazon Cloud Drive e Dropbox são os dois principais. Os serviços de armazenamento em nuvem do Google e da Microsoft são totalmente gratuitos com espaço baixo de armazenamento. Porém, caso você precise de armazenamento com espaço maior do que 100 GB o serviço passa a ser cobrado. Outros serviços são gratuitos em planos pequenos e pagos em planos maiores.

Armazenamento na nuvem: o que é

Vantagens do armazenamento na nuvem

As vantagens do armazenamento em nuvem são muitas, mas dependem do serviço utilizado para este fim. Há serviços que oferecem backup instantâneo dos dados para um de seus dispositivos. Outros oferecem versões mobile de seus programas. No fim das contas todos os serviços tem um único objetivo: fazer com que seus usuários não dependam mais de espaço físico de armazenamento, ou seja, dispensem o uso de HDs, pendrive, cartões de memória, entre outras mídias.

Armazenamento na nuvem:  como utilizar

O que é possível fazer com o armazenamento na nuvem?

Para quem trabalha com muitos arquivos, o armazenamento em nuvem é essencial. Principalmente para quem não possui um local fixo de trabalho. Pessoas que vivem na rua, visitando clientes ou precisam estar em vários lugares diferentes num mesmo dia, precisam ter seus dados sempre à mão para não ficarem desamparados. E se estas pessoas não querem ficar carregando nada além de seu computador ou smartphone, o uso do armazenamento em nuvem é perfeito, pois tudo fica na sua conta, disponível 24 horas por dia para ser acessado.

Armazenamento na nuvem: o que é e como utilizar - saiba mais

Será o fim dos HDs?

O armazenamento físico nunca irá acabar. Existem programas e arquivos muito pesados que não podem ser armazenados na nuvem. Além disso, as configurações dos dispositivos exigem que alguns programas estejam instalados no dispositivo para funcionar. Porém, quando falamos em documentos e arquivos que em grande quantidade ocupam muito espaço na memória do computador, o armazenamento em nuvem se torna essencial.
Ou seja, o futuro é incerto, mas certamente há espaço para HDs e a nuvem andarem lado a lado no que condiz ao armazenamento de arquivos e dados.

Pesquisar
Artigos Relacionados