Apendicite Pós Operatório

Apendicite Pós Operatório

Apendicite Pós Operatório

Sobre a Apendicite Pós Operatório

Com os avanços da medicina foi possível identificar e resolver certos problemas de saúde que antes poderiam chegar a complicações mais sérias para as condições da pessoa doente. Alguns equipamentos, como as próprias máquinas de raio-X e ultrassom, permitem ver o que pode ser a causa do problema de determinado momento.

Características da inflamação

Condição que frequentemente é tratada nos centros médicos e hospitais, a apendicite é uma inflamação de um órgão que já tem no nome a sua especificidade: o apêndice. Dá para perceber como ele é totalmente descartável, pois serve somente como uma coisa a mais no organismo que não tem nenhuma função propriamente dita.

Como não poderia ser um apêndice sem a parte principal da qual faz parte, este pedaço do corpo é uma bolsa integrante do intestino grosso. Assim, a apendicite se dá quando essa bolsa, que tem forma de verme, passa por alguma mudança que faz com que ela se inflame e cause a sensação de dor e incômodo.

Por ser uma condição que apresenta sintomas que também são verificados em outras doenças, a apendicite pode ser difícil de ser identificada logo no primeiro exame. De qualquer maneira, o quadro considerado como clássico para confirmar a inflamação é dor no abdômen, sensibilidade no ventre, náusea e vômito, febre baixa e falta de apetite.

Cuidados após a cirurgia

Uma vez que a apendicite é identificada e diagnosticada, o procedimento mais comum para resolver o problema é a própria cirurgia. Justamente por ser uma bolsa sem utilidade para o organismo, é muito mais fácil tirá-la para fora do que manter o paciente em dor e desconforto, inclusive com a possibilidade de piorar a situação.

Desse modo, como acontece com qualquer outra cirurgia, o protocolo para o pós-operatório deve ser seguido para que se evite complicações e infecções. Como acontece com qualquer outra doença, a maneira de se recuperar também depende da gravidade na qual foi apresentada no momento em que teve que ser resolvida.

Assim, o tempo de repouso varia de acordo com a gravidade da apendicite. Em alguns casos, a liberação para a prática esportiva pode levar até três dias para ser autorizada.

GD Star Rating
loading...
Apendicite Pós Operatório, Nota: 4.1 de 5 com 30 votos
Pesquisar
Artigos Relacionados