Ácido Úrico

links patrocinados

Ácido Úrico

Ácido Úrico

O ácido úrico é uma substância produzida diariamente pelo organismo do ser humano, através da quebra de moléculas de proteínas contidas em diversos alimentos. Uma parcela do ácido úrico é eliminada pela ação dos rins e a outra parcela permanece no sangue. É importante entender que a presença dessas substâncias, em quantidade normal, não é prejudicial para a saúde.

O problema do ácido úrico acontece quando a quantidade presente no sangue está com um valor acima do normal. Isso devido à produção em excesso da substância, a falta de eliminação ou por interferência de medicamentos.

O excesso do ácido úrico pode causar a formação de pequenos cristais de urato de sódio, causando dor em diversas partes do corpo. E quando não tratados, podem desenvolver riscos de acidentes cardiovasculares e outras tantos problemas de saúde.

Quais os sintomas do Ácido Úrico?

As pessoas que possuem o excesso do ácido úrico no organismo geralmente sentem dores agudas em membros inferiores como, por exemplo, joelhos e calcanhares. Porém, os ácidos úricos são responsáveis, também, pela formação de cálculos renais e insuficiência renal aguda e crônica, casos mais perigosos.

O que e Acido Urico

Em qualquer um dos casos é importante que seja procurado um médico o mais rápido possível para que se possa fazer um diagnóstico e definir a forma de tratamento.

Para ter certeza da produção excessiva do ácido úrico é necessário que um exame de sangue seja realizado para comprovar a concentração excessiva da substância.

Tratamento

Assim que diagnostico notar a presença de ácido úrico excessivo é importante que os pacientes evitem situações de estresses e o uso de diuréticos e anti-inflamatórios – pois estes medicamentos também produzem a substância. Além disso, o cuidado com a alimentação passa a ser uma preocupação constante para as pessoas que desenvolvem este problema.

Os alimentos com grandes quantidades de proteínas purinas, como: carne vermelha, sardinha, salmão e gorduras, devem ser evitados na dieta. Já os alimentos como os leites devem ser incluídos na dieta diária para ajudar na eliminação dos ácidos graxos.

Sintomas do Acido Urico

Porém, além dos cuidados com a alimentação, os médicos podem indicar o uso de medicamentos de inibição do ácido ou auxilio para a excreção da substância.

Principais causas para o ácido úrico elevado

As principais causas da alteração nos níveis de ácido úrico são: excesso de gordura no organismo, obesidade, diabetes, consumo de álcool, consumo de drogas, psoríase, sarcoidose e hipertensão.

Já quando o paciente apresenta baixos níveis de ácido no organismo, as principais indicações é a presença da Doença de Wilson, câncer ou uso de remédios antigotosos.

Principais recomendações para os pacientes

Causas do Acido Urico

As principais recomendações para as pessoas que possuem deficiência na produção de ácido úrico são: hidratação diária com bastante água mineral, ingestão de alimentos não industrializados ou gordurosos, alimentação balanceada, evitar bebidas alcoólicas (principalmente cervejas, por ser diurética), controle do peso e a não utilização de medicamentos sem a devida prescrição médica.

Casos de gotas de ácido úrico

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 2% da população mundial sejam atingidas pelos casos de gotas de acido úrico. A doença aparece principalmente em homens adultos, com mais de 35 anos, em uma proporção de uma mulher para cada oito homens.

Prevencoes do Acido Urico Tratamanto para o Acido Urico

Pesquisar
Artigos Relacionados